(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)

domingo, 24 de abril de 2011

Rumo à felicidade...



Todos procuram a felicidade
Todos amam a cumplicidade
Tem a sua individualidade
Mas será que todos conseguem
Atingir um grau necessário de humildade
O ser humano é imperfeito por si só
Por isso vive numa luta constante
À procura da perfeição
Quer muito ser exímio no que faz
Para todos é uma honra ser notável
Admirável ou até louvável
Mas será que o caminho percorrido
Seguido em toda a extensão ou sentido
É realmente o caminho
De que todos tiram partido
Há caminhos que se fazem
No meio da insensibilidade
Na prática da crueldade
Longe de qualquer verdade
Como se pode conseguir
Um caminho de simplicidade
Ou mesmo de honestidade
Se há quem prefira
Viver de mentira
E não de verdade

Rumo à felicidade

Sem comentários:

Enviar um comentário