(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)

sábado, 23 de abril de 2011

Jogo de sedução...




Disseste apenas um olá
Chegaste do nada
E do nada partiste
Deixaste para trás um rasto
De momentos inexplicáveis
Conversas inigualáveis
Confidências inevitáveis
Instantes saudáveis
Nesta paixão perdida no tempo
Foram tantas as cumplicidades partilhadas

As verdades sacrificadas
Intensos momentos de comunicação
Grandiosos momentos de tesão
Havia uma emoção
Nosso coração
Neste jogo de sedução

Sem comentários:

Enviar um comentário