(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)

sábado, 30 de abril de 2011

Incerteza...



Como em tudo há uma incerteza
Mais não seja pela tristeza do que nos separa
Mas para mim, tu nunca serás “Não”
Para mim serás sempre “Sim”
Só assim saberei amar, desejar, adorar, ter e chorar por ti
Certezas quem as tem?
Ninguém
O importante é sabermos sempre 
Que somos o mundo de alguém
Posso não ser o teu mundo por completo 
Podes não poder ser o meu 
Mas sabemos na incerteza 
Que nosso amor é um do outro com pureza

Essa é a única certeza

1 comentário: