(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)

sexta-feira, 22 de abril de 2011

Paixão...



Tanta palavra pode ser escrita
Tanta emoção pode ser descrita
Tanta verdade pode ser dita
Mas será que a paixão
Passa ou não de uma ilusão?

Paixão é desejar, querer
Necessitar tocar e ver
Vicio que debilita a mente
Pois foca somente
A pessoa amada
Uma pura idealização mística
Um superlativo fantasioso
Paixão ultrapassa barreiras sociais
Raciais, de formação, de idade e até de género
A paixão completamente correspondida
Causa grandiosa satisfação
Mas quando contrariada
Apenas somos alvo de frustração
Apaixonados fundimos um no outro
Resgatamos a nossa individualidade
Mas quando chega a hora
A intensidade dessa fusão se dissipa
A regressão de uma paixão
Que apenas deixa frustração
Destrói toda a emoção
Que existia no coração…

Sem comentários:

Enviar um comentário