(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)

quinta-feira, 22 de agosto de 2013

Seres parte de mim... HH



Seres parte de mim
Quando não estás aqui
É querer de ti
Tudo o que contigo senti

Mesmo nas pequenas ausências
Sinto tuas influências 
Esqueço minhas carências 
As saudades são consequências

Tuas palavras são para mim
Amor cheio de sensação
Alimentam esta paixão 
Até à hora da união

Amanhã seremos só um 
Nosso amor não é comum 
Alimenta-se mesmo em jejum
Pois não tem medo algum

Soube logo o que sentia
Pois eras tudo o que eu queria 
Eu tudo o que te preenchia 

Sabíamos que assim seria

domingo, 11 de agosto de 2013

Faz o Favor... HH

Foto: Faz o favor de sair do meu pensamento, 
Deixa-me só com o sentimento, 
A saudade como argumento, 
E a recordação como alimento.
Se não sais do coração, 
Se provocas esta reacção, 
É porque sinto paixão, 
Dentro do meu coração.
Estou aqui no meu querer, 
A tentar perceber, 
Para conseguir entender, 
Este fogo a arder.
Se estou feliz aqui, 
É porque penso em ti, 
Que estás longe de mim, 
Neste Universo sem fim.

Por: Susana Bastos 
11 de Agosto de 2013

Faz o favor de sair do meu pensamento, 
Deixa-me só com o sentimento, 
A saudade como argumento, 
E a recordação como alimento.
Se não sais do coração, 
Se provocas esta reacção, 
É porque sinto paixão,
Dentro do meu coração.
Estou aqui no meu querer,
A tentar perceber,
Para conseguir entender,
Este fogo a arder.
Se estou feliz aqui,
É porque penso em ti,
Que estás longe de mim,
Neste Universo sem fim.

Por: Susana Bastos
11 de Agosto de 2013

Maravilhosa Sensação HH

Foto: Maravilhosa a sensação,
De se sentir a emoção, 
De uma paixão, 
Dentro do coração.
Maravilhosa a sensação, 
Que fica de um serão, 
Onde a atracção, 
É um vulcão em erupção.
Maravilhosa a sensação, 
De ter uma canção, 
Que traz a recordação, 
Da sensação dessa paixão.
Maravilhosa a sensação, 
De não haver explicação, 
Para uma grande atracção, 
Sentida pelo coração…

Por: Susana Bastos 
11 de Agosto de 2013

Maravilhosa a sensação
De se sentir a emoção
De uma paixão
Dentro do coração

Maravilhosa a sensação
Que fica de um serão
Onde a atracção
É um vulcão em erupção

Maravilhosa a sensação
De ter uma canção
Que traz a recordação
Da sensação dessa paixão


Maravilhosa a sensação
De não haver explicação
Para uma grande atracção
Sentida pelo coração

Susana Bastos
11 de Agosto de 2013

Onde Estiveres HH


Onde estiveres pensa em mim
Estou aqui a pensar em ti
Onde estiveres sonha comigo
Estou aqui a sonhar contigo
Onde estiveres não me esqueças
Estou aqui sem te esquecer
Apenas a te querer
Sem de ti nada saber

 Susana Bastos
10 de Agosto de 2013

Saber Amar HH

Foto: Quando o amor acontece, 
O sorriso aparece, 
O resto desaparece, 
De nada se padece.
Tem-se o que é preciso, 
Sempre um grande sorriso, 
Não se vive indeciso, 
Apenas no paraíso.
Não há do que reclamar, 
Apenas tem que se alimentar, 
Para de nada se duvidar, 
Chama-se a isso saber amar.

Por: Susana Bastos 
7 de Agosto de 2013

Quando o amor acontece
O sorriso aparece
O resto, desaparece 
De nada se padece

Tem-se o que é preciso
Sempre um grande sorriso
Não se vive indeciso
Apenas no paraíso

Não há do que reclamar
Apenas tem que se alimentar
Para de nada se duvidar
Chama-se a isso saber amar

Parabéns Chico

Foto: Parabéns… Francisco Maciel

Chico para os amigos, 
Mesmo os já perdidos. 
Aqueles mais antigos, 
Ou os que hoje te põem em fanicos.
És um ser especial, 
Um amigo excepcional, 
Um colega fenomenal, 
Um profissional essencial.
Voltei ao fim de vinte anos a te reencontrar, 
Dia vinte e quatro a Propalco irá privar, 
Todos juntos vamos jantar, 
Para muito recordar.
Só tu mesmo para organizar,
Eu claro, para te inspirar, 
Para uma noite que nos vai fascinar, 
E a todos vai marcar.
Recordo cada espectáculo que contigo fiz, 
Como uma boa aprendiz, 
Por isso muito isto me diz, 
E este encontro também o quis.
Adoro-te meu amigo…

Por: Susana Bastos 
7 de Agosto de 2013


Parabéns… Francisco Maciel


Chico para os amigos, 
Mesmo os já perdidos. 
Aqueles mais antigos, 
Ou os que hoje te põem em fanicos.
És um ser especial, 
Um amigo excepcional, 
Um colega fenomenal, 
Um profissional essencial.
Voltei ao fim de vinte anos a te reencontrar, 
Dia vinte e quatro a Propalco irá privar, 
Todos juntos vamos jantar, 
Para muito recordar.
Só tu mesmo para organizar,
Eu claro, para te inspirar, 
Para uma noite que nos vai fascinar, 
E a todos vai marcar.
Recordo cada espectáculo que contigo fiz, 
Como uma boa aprendiz, 
Por isso muito isto me diz, 
E este encontro também o quis.
Adoro-te meu amigo…

Por: Susana Bastos 
7 de Agosto de 2013

Desprendemo-nos

Foto: Desprendemos-nos de um olhar, 
Quando não quer ficar, 
Não está pronto para amar, 
E não tem nada para dar.
Desprendemos-nos de um olhar, 
Quando não sabe respeitar, 
Não sente saudade de falar, 
Nem se lembra de telefonar, 
Desprendemos-nos de um olhar,
Que não sabe enfrentar, 
Com atitudes marcar, 
Nem o amor alimentar.
Desprendemos-nos de um olhar, 
Por não se deixar amar, 
Por não saber estar, 
E para ninguém se magoar.

Por: Susana Bastos
6 de Agosto de 2013


Desprendemo-nos de um olhar 
Quando não quer ficar 
Não está pronto para amar 
E não tem nada para dar

Desprendemo-nos de um olhar 
Quando não sabe respeitar 
Não sente saudade de falar 
Nem se lembra de telefonar

Desprendemo-nos de um olhar
Que não sabe enfrentar 
Com atitudes marcar 
Nem o amor alimentar

Desprendemo-nos de um olhar
Por não se deixar amar 
Por não saber estar

Para ninguém se magoar

domingo, 4 de agosto de 2013

Sonho Embarcar...

Foto: Num sonho embarcar, 
É a vida experimentar, 
É não ter medo de errar, 
Muito menos de amar.
Mas nem sempre a vida é justa, 
Às vezes é curta, 
Outras assusta, 
E isso custa.
Em tudo existe um senão, 
Até mesmo na paixão, 
Que carrega muita emoção, 
Mas também desilusão.
Sofrer, 
Faz parte do crescer, 
Por isso é bom saber, 
Que a vida é para viver.

Por: Susana Bastos 
4 de Agosto de 2013


Num sonho embarcar 
É a vida experimentar 
É não ter medo de errar 
Muito menos de amar

Mas nem sempre a vida é justa 
Às vezes é curta 
Outras assusta 
E isso custa

Em tudo existe um senão 
Até mesmo na paixão 
Que carrega muita emoção 
Mas também desilusão

Sofrer 
Faz parte do crescer 
Por isso é bom saber 

Que a vida é para viver

Sentir amor...

Foto: Quando a saudade aperta, 
O sentimento desperta, 
Tudo fica alerta, 
À espera da hora certa.
Não basta querer, 
Muito tem que se fazer, 
Para poder ter, 
E também para merecer.
Mas para quê lutar, 
Quando há tanta gente a dar, 
Que só uma noite quer estar,
E do prazer desfrutar. 
Dá trabalho conquistar, 
Ser fiel e amar, 
É mais fácil aproveitar. 
Quem anda por ai a dar.
As pessoas se esquecem, 
Que um dia desaparecem,  
Que assim nada merecem, 
E no coração não permanecem.
No fim fica-lhes o vazio, 
Pelo seu desvario, 
Nunca descem um só rio, 
Apenas morrem de frio.
Porque para ter aquele calor, 
Para se sentir o tal tremor, 
Para se viver com furor, 
É preciso sentir amor.

Por: Susana Bastos 
4 de Agosto de 2013

Quando a saudade aperta
O sentimento desperta
Tudo fica alerta
À espera da hora certa

Não basta querer
Muito tem que se fazer
Para poder ter
E também para merecer

Mas para quê lutar
Quando há tanta gente a dar
Que só uma noite quer estar
E do prazer desfrutar

Dá trabalho conquistar
Ser fiel e amar
É mais fácil aproveitar
Quem anda por ai a dar

As pessoas se esquecem
Que um dia desaparecem
Que assim nada merecem
No coração não permanecem

No fim fica-lhes o vazio
Pelo seu desvario
Nunca descem um só rio
Apenas morrem de frio

Porque para ter aquele calor
Para se sentir o tal tremor
Para se viver com furor
É preciso sentir amor


sábado, 3 de agosto de 2013

Saudades

Foto: Para todos os que sinto saudades e que um dia fizeram parte da minha vida... Fosse por anos, por meses ou por dias...
Um grande beijo...
Pois levaram com toda a certeza algo de mim, mas também deixaram algo de vocês...
Mais não seja saudade...
O resto se foi bom eu guardei, se foi mau esqueci.
pois na minha vida só as boas recordações levo comigo...

Para todos os que sinto saudades
 Que um dia fizeram parte da minha vida
 Fosse por anos, por meses ou por dias
Um grande beijo
Pois levaram com toda a certeza algo de mim
 Mas também deixaram algo
Mais não seja saudade
Se foi bom eu guardei
 Se foi mau esqueci
Pois na minha vida
 Só as boas recordações, levo comigo...


 Susana Bastos

Bom Dia Pai

Foto: Bom dia, pai !!!

Hoje é o seu dia, 
Bem que eu queria, 
Ter a alegria, 
De o ter aqui neste dia. 
Mas já cumpriu a sua missão.
Já é um ser em ascensão, 
Só faço uma confissão.
Tenho saudades de lhe dar a mão.
Hoje o dia é especial, 
Amá-lo será sempre real, 
Hoje é um Ser Celestial.
Mas foi um pai fenomenal.
Eu sei que está aqui, 
Apesar de estar aí.
Hoje acordei e senti, 
Uma saudade enorme de si.
Sei que me quer ver contente, 
E à vida fazer frente, 
Daí vivê-la ardentemente, 
E no Universo me alimente.
Sei que tenho a sua bênção, 
Para a minha realização, 
Que meus sonhos se concretizarão, 
Porque os vivo com paixão.
Amo-o muito pai...
Obrigada...

Por: Susana Bastos 
3 de Agosto de 2013

Hoje é o seu dia
Bem que eu queria,
Ter a alegria
De o ter aqui neste dia

Mas já cumpriu a sua missão
Já é um ser em ascensão
Faço uma confissão
Tenho saudades de lhe dar a mão

Hoje o dia é especial
Amá-lo será sempre real
Hoje é um Ser Celestial
Mas foi um pai fenomenal

Eu sei que está aqui
Apesar de estar aí
Hoje, acordei e senti
Uma saudade enorme de si

Sei que me quer ver contente
E à vida fazer frente
Daí vivê-la ardentemente
No Universo, me alimento

Sei que tenho a sua bênção
Para a minha realização
Que meus sonhos se concretizarão
Porque os vivo com paixão


Amo-o muito pai
Obrigada...

 Susana Bastos
3 de Agosto de 2013

sexta-feira, 2 de agosto de 2013

Não Insisto

Foto: Se já não insisto, 
É porque desisto, 
Devia ter visto, 
Que ia dar nisto.
Até que percebi, 
Que de ti,
Nada recebi, 
Além do que vivi.
Lutei por ti
Atrás corri, 
Mas são tantas ai, 
Que apenas sai.
Se isso me faz infeliz,
E dividir nunca quis, 
Como não sou juiz, 
Aproveito e vou ser feliz…

Por: Susana Bastos 
2 de Agosto de 2013

Se já não insisto é porque desisto
Devia ter visto que ia dar nisto
Até que percebi que de ti
Nada recebi além do que vivi.
Lutei por ti, corri atrás
Mas são tantas ai que apenas sai
Se isso me faz infeliz e dividir nunca quis
Como não sou juiz aproveito e vou ser feliz

No Coração...

Foto: Sentidas com o coração, 
Devem ser a emoção, 
O perdão, a paixão, 
A saudade e a recordação.
No coração fica o Amor, 
Com todo aquele sabor, 
Que nos traz paz e calor, 
E às vezes algum tremor.
Tremor que chega com a desilusão, 
Ou com aquela sensação, 
De tristeza e solidão, 
Que só sentimos com o coração.
Mas vale a pena sofrer e chorar, 
Não ter medo de continuar a dar, 
De abraçar e beijar, 
Porque nada é mais belo do que saber amar.
Quem não soube receber, 
Foi quem ficou a perder, 
Pode-nos fazer sofrer, 
Mas também nos faz crescer.

Por: Susana Bastos 
2 de Agosto de 2013

Sentidas com o coração
Devem ser a emoção
O perdão, a paixão
A saudade e a recordação

No coração fica o Amor
Com todo aquele sabor
Que nos traz paz e calor
E às vezes algum tremor

Tremor que chega com a desilusão
Ou com aquela sensação
De tristeza e solidão
Que só, sentimos com o coração

Mas vale a pena sofrer e chorar
Não ter medo de continuar a dar
De abraçar e beijar
Porque nada é mais belo do que saber amar

Quem não soube receber
Foi quem ficou a perder
Pode-nos fazer sofrer
Mas também nos faz crescer

Vais Voltar HH

Foto: Estava tão sossegada,
No seu canto recatada, 
Emoção equilibrada, 
Pela vida marcada.
Deixa-lo entrar, 
Foi algo de arrepiar, 
Que ela fez sem pensar, 
Somente a desejar.
Nada estava a querer, 
Mas levou todo o seu Ser, 
Entregou-se com prazer, 
Até as emoções remexer.
Acreditou na intenção, 
Transmitida com paixão, 
De que seria um serão, 
Que entraria no coração.
Percebeu então, 
Que para além da excitação, 
Da boleia para o avião, 
Das saudades em vão, 
Tudo não passava de uma ilusão.

Por: Susana Bastos 
2 de Agosto de 2013

Estava tão sossegada
No meu canto, recatada 
Deixar-te entrar
Foi algo de arrepiar

Tinha a emoção equilibrada
Pela vida marcada
Fiz sem pensar
Somente a desejar

Nada estava a querer
Mas levas-te todo o teu ser
Não sei como consegui
Entregar-me assim

Entreguei-me com prazer
Até as emoções remexer
Acreditei na intenção
Transmitida com paixão

Hoje sei que não me passou
E a mais ninguém, me dou
Desde aquele último serão
Que marcou o meu coração


Para além da excitação
Da boleia para o avião
De não quereres partir
Sei que tinhas que ir

Mas as saudades não são em vão
Nada que vivemos será ilusão
Um dia vais voltar
E eu estou aqui para te amar

Maestro

Foto

Que a vida não te deixe partir, 
Meu amigo tens que voltar e vir, 
Mostrar ao mundo a rir, 
Que não és de desistir. 
Tens um grande querer, 
E por isso aqui te irás manter, 
Por ti estamos a torcer,
Para te voltar Maestro a ter.

Por: Susana Bastos
2 de Agosto de 2013

"Saber"

Foto: Tem a sua vaidade, 
Mas não tem a verdade, 
Nem a capacidade, 
Para esta amizade.
Pode-se assim chamar, 
Momentos para amar, 
Que não soube tratar, 
Para voltar a tocar.
É preciso muito Ser e saber, 
Para uma mulher manter, 
Para a continuar a ter, 
Não basta dizer e querer.
Pedir para esperar, 
Sem nada para lhe dar, 
É o mesmo que viajar, 
Sem dia para voltar.

Por: Susana Bastos 
2 de Agosto de 2013

Tem a sua vaidade
Mas nada tem de verdade 
Vir e fugir
É o amor impedir

Não tem capacidade
Para uma amizade
Vive de traição
Não serve para a paixão

Poderíamos até assim chamar
Momentos para amar
Mas quem não os soube tratar
Não pode voltar a tocar

É preciso muito “Saber”
Para uma mulher manter
Não basta querer
Para a continuar a ter


Pedir para estar
Sem nada para lhe dar
É o mesmo que viajar
Sem dia para voltar

Relação a Dois...

Foto: CARTA DE UMA MULHER APAIXONADA numa sociedade onde as pessoas querem Ter, mas não se preocupam em Ser... Muito menos em Dar de si,  numa qualquer relação que iniciam...

Sabes uma coisa que aprendi? 
Que eu mereço o melhor !!! 
E o melhor não é o mais rico, o mais bonito, ou algo do género.
O melhor é simplesmente alguém que goste de mim da mesma forma que eu.
Que goste de estar comigo, que me respeite e se interesse por saber se estou bem se estou mal, que me apoie como eu também o farei...
Se não for para ser assim, então é melhor estar sozinha. 
Nada está a ser como disseste que seria.
Mas não faz mal, vais ter tempo para pensar sobre o que queres de mim e eu para ver se o que queres de mim é o que eu quero de ti. 
Se cada um de nós seguir o seu caminho, ficas a saber que poderás sempre contar comigo como uma amiga. 
Como namorada, gosto de carinho, de atenção e, acima de tudo, de amor. 
Para mim só assim faz sentido. 
Todos precisamos de momentos nossos, seja para estarmos sós, seja para estarmos com amigos.
Mas se gostarmos da outra pessoa, queremos também estar com ela e partilhar os nossos sonhos, medos, problemas.
Sentimos saudade da ausência, da falta que nos faz.
Queremos saber como a pessoa está, como se sente, preocupamo-nos com ela, e tentamos entendê-la. 
E não apenas nos encontrarmos para bons momentos íntimos, sem o antes e o depois.
Eu não sou assim...
Eu não sou muito exigente, sou compreensiva e tento sempre colocar-me no lugar dos outros e admitir os meus erros quando estou errada. 
É verdade que tive uma relação difícil e que deixou marcas. 
Também deves ter tido as tuas. 
Mas isso não impediu que, apesar do medo que sentia, confesso !!! Confiasse em ti. 
Acreditei que pudéssemos ser felizes. 
E ainda acredito, mas essa decisão cabe-te a ti.

Por: Susana Bastos 
(texto de P.M. com arranjos de SB) 
2 de Agosto de 2013

CARTA DE UMA MULHER APAIXONADA numa sociedade onde as pessoas querem Ter, mas não se preocupam em Ser... Muito menos em Dar de si, numa qualquer relação que iniciam...

Sabes uma coisa que aprendi? 
Que eu mereço o melhor !!! 
E o melhor não é o mais rico, o mais bonito, ou algo do género.
O melhor é simplesmente alguém que goste de mim da mesma forma que eu.
Que goste de estar comigo, que me respeite e se interesse por saber se estou bem se estou mal, que me apoie como eu também o farei...
Se não for para ser assim, então é melhor estar sozinha.
Nada está a ser como disseste que seria.
Mas não faz mal, vais ter tempo para pensar sobre o que queres de mim e eu para ver se o que queres de mim é o que eu quero de ti.
Se cada um de nós seguir o seu caminho, ficas a saber que poderás sempre contar comigo como uma amiga.
Como namorada, gosto de carinho, de atenção e, acima de tudo, de amor.
Para mim só assim faz sentido.
Todos precisamos de momentos nossos, seja para estarmos sós, seja para estarmos com amigos.
Mas se gostarmos da outra pessoa, queremos também estar com ela e partilhar os nossos sonhos, medos, problemas.
Sentimos saudade da ausência, da falta que nos faz.
Queremos saber como a pessoa está, como se sente, preocupamo-nos com ela, e tentamos entendê-la.
E não apenas nos encontrarmos para bons momentos íntimos, sem o antes e o depois.
Eu não sou assim...
Eu não sou muito exigente, sou compreensiva e tento sempre colocar-me no lugar dos outros e admitir os meus erros quando estou errada.
É verdade que tive uma relação difícil e que deixou marcas.
Também deves ter tido as tuas.
Mas isso não impediu que, apesar do medo que sentia, confesso !!! Confiasse em ti.
Acreditei que pudéssemos ser felizes.
E ainda acredito, mas essa decisão cabe-te a ti.

Por: Susana Bastos
(texto de P.M. com arranjos de SB)
2 de Agosto de 2013

Rosa

Foto: Chegar devagarinho, 
Querendo amor e carinho,
Tudo se permitindo, 
E sair fugindo.
É porque nada estava sentindo, 
Apenas o momento curtindo, 
Habitual nesse mundinho, 
Onde se circula de mansinho.
Sexo é sem carinho, 
Amor nunca é o caminho,
Da rosa só fica o espinho, 
Da aparência o colarinho.
Espinho que faz sangrar, 
Por na rosa se acreditar, 
Por se prometer esperar, 
Por quem nunca quis amar.

Por: Susana Bastos 
1 de Agosto de 2013

Chegar devagarinho
Querendo amor e carinho
Tudo se permitir
E depois fugir

Não estava a sentir
Apenas a curtir
Habitual nesse mundinho
Onde se circula de mansinho

Sexo sem carinho
É de evitar
E nunca acreditar
Que amor é o caminho

Da rosa só fica o espinho
Da aparência o colarinho
É só para enganar
Quem o amor quer encontrar

Espinho que faz sangrar
Por na rosa acreditar
É espinho de dor

É tudo menos amor

quinta-feira, 1 de agosto de 2013

Noites... HH

Foto: Há noites inesquecíveis, 
Que parecem impossíveis, 
Gerem sentimentos terríveis, 
Por sermos sensíveis. 
Há noites sem explicação, 
Que deixam muita emoção, 
Gerem muita paixão, 
Marcam o coração.
Há noites que ao recordar, 
Não queremos acordar, 
Apenas ali ficar, 
Para continuar amar.

Por: Susana Bastos 
1 de Agosto de 2013


Há noites inesquecíveis 
Que parecem impossíveis
Entregamos de coração
Caímos na tentação

Há sentimentos terríveis 
Por sermos sensíveis
Esquecemos a razão
Caímos na paixão

Há noites sem explicação 
Que deixam muita emoção
Fazemos acontecer
Depois não conseguimos esquecer

Gerem muita paixão 
Marcam o coração
Noites que ao recordar 

Não queremos acordar 

Futilidade...


Foto: Quem recorre à futilidade, 
E quer qualquer beldade, 
Não quer sinceridade, 
Nem uma mulher de verdade.
Não sabe o que procura, 
Percorre a noite escura, 
Usando uma armadura, 
Em busca de frescura. 
Esquecendo a ternura, 
Que nos traz a cura, 
Nos molha a secura, 
De quem não descura.
Não há como explicar, 
A dificuldade em estar, 
Em querer conquistar, 
Só por ter medo de amar.

Por: Susana Bastos 
1 de Agosto de 2013


Quem recorre à futilidade 
E quer qualquer beldade 
Não quer sinceridade 
Nem uma mulher de verdade

Não sabe o que procura 
Percorre a noite escura 
Usando uma armadura 
Em busca de frescura 
Esquece a ternura
Que nos traz a cura 
Nos molha a secura 
De quem não descura

Não há como explicar 
Essa dificuldade em estar
Em só querer conquistar 

Por ter medo de amar

Acreditei em ti...





Naquele dia acreditei em ti 
Desconfiei de mim 
Não me sabia assim 
Nem que ia sofrer no fim

Mas a verdade é que acreditei 
E me apaixonei 
Hoje não sei o que farei 
Pois nunca mais te terei

No tempo fomos um 
Muita coisa em comum 
Mas tudo nesta vida é uma lição 
Uma questão de aceitação

Preciso de recompor
Toda esta dor
Esquecer que o coração 

Nunca vai esquecer esta paixão

À Tua Espera... HH

Foto: Quando chega este aperto,
Esta dor no peito, 
É a saudade do teu jeito
Que tem em mim este efeito.
Parecem boladas seguidas, 
Que no peito ficam escondidas, 
Podiam ser divertidas, 
E até mesmo esquecidas.
Mas a tua ausência, 
Provoca a maior carência, 
E esta abstinência, 
Precisa da tua assistência.
Mas a vida é bela, 
Devemos acreditar nela, 
Ficar de sentinela, 
Nem que seja há janela.
Tudo tem a importância, 
Do tamanho da nossa ânsia, 
Por isso zero de tolerância, 
E o Universo nos traz abundância. 

Por: Susana Bastos 
31 de Julho de 2013


Quando chega este aperto
Esta dor no peito 
É a saudade do teu jeito
Que tem em mim este efeito

Parecem boladas seguidas 
Que no peito ficam retidas
Esta tua ausência 
Provoca a maior carência 
Esta abstinência 
Precisa da tua assistência

Mas a vida é bela 
Devemos acreditar nela 
Ficar de sentinela 
Nem que seja há janela

Tudo tem a importância 
Do tamanho da nossa ânsia 
Por isso zero de tolerância 
O Universo traz abundância

Sei que quem espera desespera
Mas estou à tua espera
Sei que vou aguentar
Por tanto te amar