(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)

terça-feira, 30 de julho de 2013

Acolhe a alma...


Foto: O que me acalma, 
É tudo o que me acolhe a alma, 
Tudo o que me salva, 
É o que me trava.
Tudo que me contém, 
É não esperar nada de ninguém, 
Muito menos esperar que alguém, 
Se lembre de quem é quem.
A vida é assertiva, 
Não nos dá alternativa, 
Para quê criar expectativa, 
Se tem tanto de agressiva, 
Como de compreensiva.
Pode ser muito nociva, 
Mas é porque é selectiva.
Mesmo quando é apelativa, 
É facultativa.
Não vale a pena uma acção ofensiva, 
Muito menos vingativa, 
Pois a vida não é regressiva,
É apenas evolutiva… 

Por: Susana Bastos 
30 de Julho de 2013

O que me acalma 
É tudo o que me acolhe a alma 
Tudo o que me salva 
É o que me trava

Tudo que me contém 
É não esperar nada de ninguém 
Muito menos esperar que alguém
Se lembre de quem é quem

A vida é assertiva 
Não nos dá alternativa 
Para quê criar expectativa 
Se tem tanto de agressiva
Como tem de compreensiva
Pode ser muito nociva 
Mas é porque é selectiva
Mesmo quando é apelativa 
É facultativa
Não vale a pena uma acção ofensiva 
Muito menos vingativa 
Pois a vida não é regressiva

É apenas evolutiva

Fugi dali ...

Foto: Foi nesse dia que percebi, 
Que não estavas mais aqui, 
Por não saber de ti, 
Acho que me perdi.
Por ti morri,
Dali fugi, 
Mas sempre senti, 
Este amor por ti.
Hoje enfim, 
Sei que tem que ser assim, 
Tu sem mim, 
Eu sem ti, 
Neste mundo sem fim…

Por: Susana Bastos 
30 de Julho de 2013


Foi nesse dia que percebi 
Que não estavas mais aqui 
Por não saber de ti 
Acho que me perdi
Por ti morri,
Fugi dali
Mas sempre senti 
Este amor por ti
Hoje enfim 
Sei que tem que ser assim 
Tu sem mim 
Eu sem ti 
Neste mundo sem fim

Amo-te Mana




Presente de aniversário...
MJB
(Maria João Bastos)

És uma estrela para o mundo 
Mas para mim és mais que tudo 
Pois quero-te bem a cada segundo 
Estejas em grande ou no fundo

Serás sempre a minha pequenina 
Com ou sem brilhantina 
Serei sempre a tua aspirina 
Nos momentos de mais rotina

És uma grande profissional 
Uma mulher excepcional 
Um ser de Luz especial 
Com uma estrelinha celestial

Parabéns mana por mais uma ano de vida,
Desejo-te tudo de bom de forma sentida 
Estarei sempre aqui se estiveres perdida 
Para te ajudar de forma desmedida

Quero que vivas sempre a vida com paixão 
Que aprendas a cada desilusão 
Que isso faz parte da tua evolução 
Que saibas ainda que te amo de coração

Por: Susana Bastos 

18 de Junho de 2013

Mãe...




Obrigada mãe, 

Pela vida, 
Pela comida, 
Por dar as coisas de forma sentida, 
Por ser uma avó tão querida, 
E por existir na minha vida.
Com amor…

Por: Susana Bastos
5 de Maio de 2013

Muita Luz




Muita Luz Amiga...


Estarás sempre no meu coração, 
Pois viveste a vida com paixão, 
Lutaste sempre por uma solução, 
Mas tenho a certeza que cumpriste a tua Missão...

Um Beijo com saudade,
Para um anjo de verdade...

30 de Maio de 2013
Por: Susana Bastos

O Verbo Amar






Lição de Amor


Joaquim Frederico de Brito (1894 - 1977)


Perguntei o que era amor
Ao meu velho professor
Por causa do verbo amar
Naquele tempo em que a gente
Pergunta inocentemente
Às vezes por perguntar.

Aquele velhinho ouviu
Olhou para mim e sorriu
E respondeu-me depois
Amor, conheci só um
Substantivo comum
Às vezes comum de dois.

Mostrando um desgosto acerbo
Disse que amor como verbo
Nem sempre é regular
É triste dizer, amei
É mau dizer, amarei
E não se diz hei-de amar.

O verbo não é para todos
Igual no tempo, nos modos
E às vezes por tal defeito
Põe-se uma oração de lado
Porque não tem predicado
Nem se conhece o sujeito.

Só hoje é que dou valor
Ao verbo que o professor
Tão bem me tinha ensinado
Pois se há quem tal verbo adore
Também há muito quem chore
Por já o ter conjugado.

Rodeios...

Foto: Não queiras entrar, 
Sem certeza de querer ficar, 
Não queiras brincar, 
A não ser para me amar.
Sinto que te estou a querer, 
Mas jamais será para sofrer, 
Tenho que me proteger, 
E tu que me entender.
Adoro os teus passeios, 
Não sou mulher de rodeios, 
Tenho os meus anseios, 
Onde coloco os meus freios, 
Se me queres de coração, 
Se sentes total emoção, 
Então teremos a nossa relação, 
Baseada nesta paixão.

Por: Susana Bastos
30 de Julho de 2013

Não queiras entrar 
Sem certeza de querer ficar 
Não queiras brincar
A não ser para me amar

Sinto que te estou a querer
Mas jamais será para sofrer 
Tenho que me proteger 
E tu que me entender

Adoro os teus passeios 
Não sou mulher de rodeios 
Tenho os meus anseios 
Onde coloco os meus freios

Se me queres de coração 
Se sentes total emoção 
Então teremos a nossa relação 

Baseada nesta paixão

Entre Duas Luas...

Foto: Vaguear sozinha pelas ruas, 
Cheia de saudades tuas, 
Entre duas luas, 
Que chegam a ser nuas e cruas.
Não saber o nosso destino, 
Sentir-te um bailarino, 
Do nosso amor assassino, 
Com isso me arruino.
Vives em outro mundo, 
Às vezes um pouco imundo,
Mas sei que lá no fundo, 
Não és nenhum vagabundo.
Vives nos meus sentimentos.
Muitas vezes nos meus tormentos, 
Por todos aqueles momentos, 
Que ainda estão muito presentes…

Por: Susana Bastos 
30 de Julho de 2013



Vaguear sozinha pelas ruas
Cheia de saudades tuas
Entre duas luas
Nuas e cruas

Não saber o nosso destino
Sentir-te um bailarino
Do nosso amor assassino
Com isso me arruíno

Vives em outro mundo
Às vezes um pouco imundo
Mas sei que lá no fundo
Não és nenhum vagabundo

Vives nos meus sentimentos
Muitas vezes nos meus tormentos
Por todos aqueles momentos

Que ainda estão muito presentes

Harém...




Para quê fazer parte de um harém
Quando se pode ser única para alguém 
Em vez de se ficar refém
Na vida de quem não é ninguém

Podes enganar as emoções 
Viveres grandes paixões 
Não esqueças as tentações 
Só trazem complicações

Tenta ler os sinais 
Perceber se são reais
Mesmo fenomenais
Podem ser banais

Podes cair em tentação
Viver uma grande paixão 
Mas será sempre uma lição 

A vida tem sempre um senão

Porque Gosto...



PARA QUEM ME PERGUNTA CENTENAS DE VEZES SE ESTOU BEM OU SE ESTOU MAL; 



Vou ter que passar a explicar para quem não percebeu ainda e para de uma vez por todas entenderem que quando escrevo, escrevo porque me apetece, porque as coisas surgem na minha mente.

Porque GOSTO!!!!!!!!!
Porque simplesmente GOSTO...
Porque Amo o que faço...
Porque amo escrever sobre emoções e sentimentos...
Sobre o que me surgir nos momentos.
Porque aqui e ali...
Ao longo da vida, vamos absorvendo experiências vividas por nós, por amigos, amigos de amigos e conhecidos.
E isso para quem escreve é fundamental...
É essencial...
É crucial...
Para poder passar para a escrita, o que ela precisa para ser sentida.
Sentida por mim.
Por quem gosta de ler.
Porque quem sente ou se identifica.


E mesmo pelos que não gostam, mas lêem, mais não seja para poderem dizer mal.


Não tem a ver com estados de espírito do momento.
Por tudo isto, se faz favor, entendam que quem escreve um texto, não escreve obrigatoriamente o que está a sentir de momento.
São apenas textos...
É a vida em palavras... SÓ ISSO !!!!!!!!!!!!!!

Se não entendem ISTO, as perguntas que me vão continuar a fazer são sempre as mesmas...

Nada tem a ver com, se estou bem ou mal, alegre ou triste, feliz ou infeliz...
É apenas ...
E meramente apenas....
Textos que amo escrever...

A não ser as homenagens que faço a alguns amigos que merecem de alguma forma, palavras minhas em sua homenagem, como fiz quando faleceu o meu grande amigo Pedro Alpiarça, à minha amiga Ana, entre outros, tal como agora com o meu amigo José Luis Gonçalves por estar a passar por um momento doloroso na sua vida.

Um bem haja
Para todos vocês amigos facebookianos que vão lendo os meus textos e a quem agradeço desde já os vossos comentários, desde que construtivos e respeitem o que amo fazer...
BJOS A TODOS
MUITA LUZ

POR: Susana Bastos
30 de Julho de 2013

Atitude Cobarde




Há pessoas que não valem mesmo a pena 
Que inventam cada cena 
Mas o segredo é agir de forma serena
Como se a vida fosse uma arena 
Quando percebem é tarde 
Porque a atitude foi cobarde 
Gostam de causar alarde 
Talvez a vida os retarde
É tão fácil descobrir 
Olhar, ver e sorrir
Pensam que estamos no vir
Mas já estamos no ir
A vida por todos vai passar 
A ninguém vai perdoar 
A beleza irá acabar 
Fica só o carácter a contar
Temos que aprender a dar valor 
A quem nos transmite calor 
A quem nos trata com fervor 

E não nos provoca dor

Olhar à Chegada




Cheguei Cansada

Até mesmo desesperada 
O teu olhar à chegada 
Deixou-me apaixonada
O teu toque no meu cabelo 
Foi para mim um atropelo 
Ou apenas um apelo
Para quebrar o gelo
Demos por nós a conversar 
O desejo a chegar 
Vontade de beijar 
E a magia a avançar
Como é óbvio não resisti
E contigo ri
Nos teus braços me perdi 
Já apaixonada por ti
Adoro contigo dançar
Sorrir e conversar 
Adormecer e acordar 
Mas acima de tudo gosto de te amar


Eu ...

Foto: Eu...
Há o que penso
O que sinto
O que desejo
E o que faço...
Há o que as personagens dos meus textos pensam
O que sentem
O que desejam
e o que fazem...
Há o que as pessoas das historias que conheço pensam
O que sentem
O que desejam
E o que fazem...
Tudo junto chama-se inspiração...
Ou até talvez Inspiração Divina...
Porque muitas vezes leio sem saber
Como certas palavras e frases surgiram da minha mente.
Tudo junto acalenta a minha alma
E a de quem lê e gosta do que escrevo...
Gosto de escrever sobre pessoas, sentimentos, emoções...
Sobre realidades e ilusões !
Gosto particularmente de ler e sentir o que escrevi...
Se mexe comigo, se acho bonito, se me enche as medidas,
então partilho.
Partilho porque há quem goste, se sinta bem, ou até se reveja.
Partilho mesmo sabendo que muitos podem nao gostar ou até detestar...
Mas para mim, o que tem mesmo valor
É o que penso
O que sinto
O que desejo
O que faço...

Por: Susan Bastos


Eu...

Há o que penso

O que sinto
O que desejo
E o que faço...
Há o que as personagens dos meus textos pensam
O que sentem
O que desejam
e o que fazem...
Há o que as pessoas das historias que conheço pensam
O que sentem
O que desejam
E o que fazem...
Tudo junto chama-se inspiração...
Ou até talvez Inspiração Divina...
Porque muitas vezes leio sem saber
Como certas palavras e frases surgiram da minha mente.
Tudo junto acalenta a minha alma
E a de quem lê e gosta do que escrevo...
Gosto de escrever sobre pessoas, sentimentos, emoções...
Sobre realidades e ilusões !
Gosto particularmente de ler e sentir o que escrevi...
Se mexe comigo, se acho bonito, se me enche as medidas,
então partilho.
Partilho porque há quem goste, se sinta bem, ou até se reveja.
Partilho mesmo sabendo que muitos podem nao gostar ou até detestar...
Mas para mim, o que tem mesmo valor
É o que penso
O que sinto
O que desejo
O que faço...

Por: Susana Bastos

Desafios Superados

Foto: Tantos desafios superados, 
Tantos medos ultrapassados, 
Alguns desesperados, 
Outros muito afortunados.
Admiro o teu percurso, 
Gosto do teu discurso, 
E por um banal recurso, 
Te magoaste neste concurso.
Que este desafio não te venha derrubar, 
Pois tens muito ainda para nos dar, 
À tua família muito para amar, 
E ao mundo a tua arte mostrar.
Que o universo esteja contigo,
Meu querido amigo,
Que fiques fora de perigo,  
E voltes ao teu posto antigo.

Beijo desta amiga...

Por: Susana Bastos 
30 de Julho de 2013



Tantos desafios superados, 

Tantos medos ultrapassados, 
Alguns desesperados, 
Outros muito afortunados.
Admiro o teu percurso, 
Gosto do teu discurso, 
E por um banal recurso, 
Te magoaste neste concurso.
Que este desafio não te venha derrubar, 
Pois tens muito ainda para nos dar, 
À tua família muito para amar, 
E ao mundo a tua arte mostrar.
Que o universo esteja contigo,
Meu querido amigo,
Que fiques fora de perigo, 
E voltes ao teu posto antigo.

Beijo desta amiga...

Por: Susana Bastos 
30 de Julho de 2013

Cada Partida...




A Vida prega-nos cada partida 
Umas vezes de fugida 
Outras, para toda a vida
Até na hora da despedida

Seja paixão, amor, desilusão 
Saúde, sucesso, decepção 
Alegria, tristeza ou perdão 
Tudo faz parte da nossa missão

Basta sentir e querer 
Acreditar e fazer
Os sinais entender 
Para a Vida acontecer

Saber sempre sorrir 
O que nos faz mal deixar ir 
Agradecer em vez de pedir 

Deixar a vida fluir

A vida é como uma bola




A vida é como uma bola, 

Que rola, 
Enquanto nos enrola, 
Na sua própria escola.
Não temos o comando, 
Nem o Universo é brando, 
Ele vai-nos esmiuçando, 
Vai tirando e vai dando.
Resta-nos respeitar, 
A mazelas aceitar, 
A vida aproveitar, 
E nela continuar a amar…

Por: Susana Bastos 
29 de Julho de 2013