(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)

sexta-feira, 30 de maio de 2014


Hoje...

Foto: Hoje...
Dia de Hoje...
Há dias mais tristes que outros...
Há dias mais especiais que outros...
Mas todos os dias são dias... 
Quando os dias passam deixam sempre em cada dia a sua história, mais a que construímos nesse mesmo dia, e ainda a que trazemos dos outros dias.
Cada dia é único, virgem, límpido e cheio de nova energia e luz... 
São as pessoas que trazem consigo as "coisas densas" dos outros dias, para o novo dia, na maioria das vezes as que já não lhes fazem falta e deviam ter ficado nos dias já passados, para que o novo dia seja repleto de nova energia.
Nada melhor como deixar para trás o "mau" de ontem, sem o trazer para o hoje.
A não ser que seja "bom" e faça falta para o novo dia, ou que venha a fazer falta para o dia de amanhã...
Arrastar o de "ontem" nos dias, nos meses e nos anos, só mesmo o que é positivo e vale a pena como o amor, a esperança, os objectivos, as conquistas e tudo aquilo que nos faz feliz por existir na nossa vida, ou que ainda nos pode vir a fazer feliz....
Alguma coisa ou alguém por quem valha  a pena lutar e viver, ou seja semear em solo fértil...
Arrastar o que faz mal, como as brigas, o desamor, as mágoas, os ressentimentos, as vinganças,os ódios de "estimação", a raiva, as traições,  é semear desarmonia, enganos, desesperança e caminhar ao encontro de tudo o que faz o "Ser" infeliz.... 
É alimentar algo que é nocivo... É semear em solo infértil...
Nestes casos, a vida encarregar-se-à de mostrar, a bem ou a mal, qual a colheita do caminho percorrido e depois colocará cada um no seu lugar e no  caminho certo, no espaço e no tempo, não como o compreendemos e queremos, mas num espaço e tempo que comanda a vida sem nada o "Ser" poder fazer a não ser aceitar, entender e agradecer... mesmo quando há sofrer...  
Semear positivo trará uma colheita positiva... Amor gera amor!!!
Semear  negativo, trará uma colheita negativa... Ódio gera ódio!!!
Viva o "Hoje" positivamente...
Sempre!!!
O dia de hoje é único!!! 

Susana Bastos 
28 de Maio de 2014
(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)

Hoje...
Dia de Hoje...
Há dias mais tristes que outros...
Há dias mais especiais que outros...
Mas todos os dias são dias... 
Quando os dias passam deixam sempre em cada dia a sua história, mais a que construímos nesse mesmo dia, e ainda a que trazemos dos outros dias.
Cada dia é único, virgem, límpido e cheio de nova energia e luz...
São as pessoas que trazem consigo as "coisas densas" dos outros dias, para o novo dia, na maioria das vezes as que já não lhes fazem falta e deviam ter ficado nos dias já passados, para que o novo dia seja repleto de nova energia.
Nada melhor como deixar para trás o "mau" de ontem, sem o trazer para o hoje.
A não ser que seja "bom" e faça falta para o novo dia, ou que venha a fazer falta para o dia de amanhã...
Arrastar o de "ontem" nos dias, nos meses e nos anos, só mesmo o que é positivo e vale a pena como o amor, a esperança, os objectivos, as conquistas e tudo aquilo que nos faz feliz por existir na nossa vida, ou que ainda nos pode vir a fazer feliz....
Alguma coisa ou alguém por quem valha a pena lutar e viver, ou seja semear em solo fértil...
Arrastar o que faz mal, como as brigas, o desamor, as mágoas, os ressentimentos, as vinganças,os ódios de "estimação", a raiva, as traições, é semear desarmonia, enganos, desesperança e caminhar ao encontro de tudo o que faz o "Ser" infeliz....
É alimentar algo que é nocivo... É semear em solo infértil...
Nestes casos, a vida encarregar-se-à de mostrar, a bem ou a mal, qual a colheita do caminho percorrido e depois colocará cada um no seu lugar e no caminho certo, no espaço e no tempo, não como o compreendemos e queremos, mas num espaço e tempo que comanda a vida sem nada o "Ser" poder fazer a não ser aceitar, entender e agradecer... mesmo quando há sofrer...
Semear positivo trará uma colheita positiva... Amor gera amor!!!
Semear negativo, trará uma colheita negativa... Ódio gera ódio!!!
Viva o "Hoje" positivamente...
Sempre!!!
O dia de hoje é único!!!

Susana Bastos
28 de Maio de 2014
(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)

Um Porto de Abrigo...

Foto: Mesmo ausentes, estamos sempre presentes
Porque no amor, até a dor tem sabor
Sabor de paixão, cheio de emoção
Sabor de saudades, cheio de verdades
Sabor de reencontro, depois do desencontro
Onde a distância e o tempo, não são um inimigo
Porque tu estás comigo e eu estou contigo
E seremos sempre um para o outro
Um Porto de Abrigo
Como podem dois corações esquecer
Nossas brincadeiras, carinhos e emoções
Como podem dois corações fugir
De tudo o que estão a sentir
Se a alma não permitir e o corpo não resistir
Não há como esquecer, todo o nosso querer
Não há como fugir, enquanto o amor insistir
Não há como não voltar e continuar a amar
Quando a paixão é fértil
Quando se é gentil, sem se ser hostil
Fazendo do amor algo subtil…

Susana Bastos 
25 de Maio de 2014
(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)

Mesmo ausentes, estamos sempre presentes
Porque no amor, até a dor tem sabor
Sabor de paixão, cheio de emoção
Sabor de saudades, cheio de verdades
Sabor de reencontro, depois do desencontro
Onde a distância e o tempo, não são um inimigo
Porque tu estás comigo e eu estou contigo
E seremos sempre um para o outro
Um Porto de Abrigo
Como podem dois corações esquecer
Nossas brincadeiras, carinhos e emoções
Como podem dois corações fugir
De tudo o que estão a sentir
Se a alma não permitir e o corpo não resistir
Não há como esquecer, todo o nosso querer
Não há como fugir, enquanto o amor insistir
Não há como não voltar e continuar a amar
Quando a paixão é fértil
Quando se é gentil, sem se ser hostil
Fazendo do amor algo subtil…

Susana Bastos
25 de Maio de 2014
(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)

sábado, 24 de maio de 2014


Nostalgia...

Foto: NOSTALGIA…
Sensação de saudade idealizada
De quando se era amada
Ou de uma época lembrada
Na alma marcada
Vontade de reviver velhos tempos
A infância e adolescência recordar
A ela querer voltar
Para sempre lá ficar
Visão idealizada
Que cada um possui
Tantas vezes irreal 
Motivada pelo desejo sentimental
Do regresso ao passado
Aos momentos vividos
Aos sentimentos sentidos
Aos amores e amigos perdidos
Impulsionada por lembranças
De momentos felizes
Que não podem mais voltar
Acções que se queriam realizar
Por algum motivo, travadas pelo tempo
Nunca se realizaram
Que só se podem recordar
Mas que no tempo se devem deixar
Saudades que deixam de ser saudáveis
Quando nos deixamos por elas afectar
E isso nos condicionar
A viver um presente com bem-estar
Nostalgia é diferente das saudades
Saudades podem ser superadas 
Por presenças e repetições
No futuro, encontradas
Nostalgia não se encontra 
No plano físico nunca mais 
Pois somente diz respeito
À visão idealizada do passado
Por cada um recordado…

Susana Bastos 
24 de Maio de 2014
(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)


NOSTALGIA…
Sensação de saudade idealizada
De quando se era amada
Ou de uma época lembrada
Na alma marcada
Vontade de reviver velhos tempos
A infância e adolescência recordar
A ela querer voltar
Para sempre lá ficar
Visão idealizada
Que cada um possui
Tantas vezes irreal
Motivada pelo desejo sentimental
Do regresso ao passado
Aos momentos vividos
Aos sentimentos sentidos
Aos amores e amigos perdidos
Impulsionada por lembranças
De momentos felizes
Que não podem mais voltar
Acções que se queriam realizar
Por algum motivo, travadas pelo tempo
Nunca se realizaram
Que só se podem recordar
Mas que no tempo se devem deixar
Saudades que deixam de ser saudáveis
Quando nos deixamos por elas afectar
E isso nos condicionar
A viver um presente com bem-estar
Nostalgia é diferente das saudades
Saudades podem ser superadas
Por presenças e repetições
No futuro, encontradas
Nostalgia não se encontra
No plano físico nunca mais
Pois somente diz respeito
À visão idealizada do passado
Por cada um recordado…

Susana Bastos
24 de Maio de 2014
(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)

Eu cresci...HH

Foto: Estava aqui a pensar em ti
E de repente percebi
Que se não estás aqui
Vou eu até ai..
Pensar que me esqueci
Depois de tudo o já ouvi
No silêncio de ti
Que se estás dentro de mim
É porque ainda estou dentro de ti.
Pensar que agora entendi
Que se de ti não fugi
Se mês após mês, amo-te repeti
É porque saudades, senti
Como tu sentes de mim
Nesse mundo sem fim...
Cada dia que passas ai
Cada dia que eu passo aqui
O amor diz: - Eu cresci
Fiquem juntos no fim...

Susana Bastos 
24 de Maio de 2014
(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)


Estava aqui a pensar em ti
E de repente percebi
Que se não estás aqui
Vou eu até ai..
Pensar que me esqueci
Depois de tudo o já ouvi
No silêncio de ti
Que se estás dentro de mim
É porque ainda estou dentro de ti.
Pensar que agora entendi
Que se de ti não fugi
Se mês após mês, amo-te repeti
É porque saudades, senti
Como tu sentes de mim
Nesse mundo sem fim...
Cada dia que passas ai
Cada dia que eu passo aqui
O amor diz: - Eu cresci
Fiquem juntos no fim...

Susana Bastos
24 de Maio de 2014
(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)



Cheguei à conclusão...HH

Foto: Pensava que te tinhas esquecido de mim
Mas cheguei à conclusão
Que te esqueceste foi de ti aqui
Por isso estás sempre perto de mim
Bem tento esquecer
Mas contigo sempre aqui
Encontro-te sem te querer encontrar
A cada recanto que me escondo 
Para em ti não pensar…
Dentro de mim
Ainda existe tanto de ti
Será que em ti
Ainda existe algo de mim?
Fico sem saber que fazer
Como fazer para te esquecer
Como dizer ao coração
Que já não podes ser paixão…

Susana Bastos 
24 de Maio de 2014
(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)


Pensava que te tinhas esquecido de mim
Mas cheguei à conclusão
Que te esqueceste foi de ti aqui
Por isso estás sempre perto de mim
Bem tento esquecer
Mas contigo sempre aqui
Encontro-te sem te querer encontrar
A cada recanto que me escondo
Para em ti não pensar…
Dentro de mim
Ainda existe tanto de ti
Será que em ti
Ainda existe algo de mim?
Fico sem saber que fazer
Como fazer para te esquecer
Como dizer ao coração
Que já não podes ser paixão…

Susana Bastos
24 de Maio de 2014
(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)

Pequenos Nadas...

Foto: Pequenos Nadas...

Uma relação saudável
Alimenta-se de pequenos nadas
De grandes feitos
Onde se ignoram os defeitos
Para dar ênfase às qualidades
É tudo o que suporta a paixão
Faz viver com emoção
Traz a cada dia mais calor
Nos afasta da dor
Para poder viver com amor
Pequenos nadas…
Não deixam pessoas magoadas
Apenas as fazem sentir amadas
São silêncios confortáveis
E não brigas desconfortáveis
São o sair com saudades
O chegar cheio de cumplicidades
São o beijo ao acordar
A conchinha ao deitar
Durante o dia apetecer
Telefonar só para saber
Como está o seu bem-querer
Dar, para não ter do que desconfiar
Receber, porque está a colher
Aquilo que soube semear
Por saber como amar…

Susana Bastos 
24 de Maio de 2014
(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)


Uma relação saudável
Alimenta-se de pequenos nadas
De grandes feitos
Onde se ignoram os defeitos
Para dar ênfase às qualidades
É tudo o que suporta a paixão
Faz viver com emoção
Traz a cada dia mais calor
Nos afasta da dor
Para poder viver com amor
Pequenos nadas…
Não deixam pessoas magoadas
Apenas as fazem sentir amadas
São silêncios confortáveis
E não brigas desconfortáveis
São o sair com saudades
O chegar cheio de cumplicidades
São o beijo ao acordar
A conchinha ao deitar
Durante o dia apetecer
Telefonar só para saber
Como está o seu bem-querer
Dar, para não ter do que desconfiar
Receber, porque está a colher
Aquilo que soube semear
Por saber como amar…

Susana Bastos
24 de Maio de 2014
(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)

Capacidade de sofrimento...

Foto: Tem que se ter capacidade de sofrimento quando ele chega, porque é essencial para se conseguir ser feliz… 
Ninguém vence nada ou cresce nesta vida, sem passar por algum tipo de sofrimento, por isso não vale a pena nunca se sentir vítima dele.
Saber passar por qualquer sofrimento de cabeça erguida, positivamente e estar atento para perceber os sinais enviados a cada momento sofrido, é o mais importante.
Cada situação negativa na vida tem sempre muito de positivo, com o propósito de fazer o ser, crescer e evoluir... 
Por tudo isso é tão importante fazer pausas, para sentir o caminho e o que ele quer de cada um.
É mesmo essencial retirar-se por uns momentos, horas ou dias quando se sentir baralhado, desarrumado e desorientado, para que no silêncio e na quietude possa limpar as lentes por onde vê os sinais sagrados. Aprender a separar o trigo do joio e ver tudo sob uma perspectiva elevada, divina e de amor, é o segredo para o bem-estar e aceitação das circunstâncias da vida.
Não interessa que local exterior se escolhe para o fazer. 
Importante é que esse altar exista dentro de cada um…

Susana Bastos 
23 de Maio de 2014
(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)

Tem que se ter capacidade de sofrimento quando ele chega, porque é essencial para se conseguir ser feliz… 
Ninguém vence nada ou cresce nesta vida, sem passar por algum tipo de sofrimento, por isso não vale a pena nunca se sentir vítima dele.
Saber passar por qualquer sofrimento de cabeça erguida, positivamente e estar atento para perceber os sinais enviados a cada momento sofrido, é o mais importante.
Cada situação negativa na vida tem sempre muito de positivo, com o propósito de fazer o ser, crescer e evoluir...
Por tudo isso é tão importante fazer pausas, para sentir o caminho e o que ele quer de cada um.
É mesmo essencial retirar-se por uns momentos, horas ou dias quando se sentir baralhado, desarrumado e desorientado, para que no silêncio e na quietude possa limpar as lentes por onde vê os sinais sagrados. Aprender a separar o trigo do joio e ver tudo sob uma perspectiva elevada, divina e de amor, é o segredo para o bem-estar e aceitação das circunstâncias da vida.
Não interessa que local exterior se escolhe para o fazer.
Importante é que esse altar exista dentro de cada um…

Susana Bastos
23 de Maio de 2014
(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)

Procurar dentro de si...

Foto: PUS UMA PEDRA EM CIMA DO ASSUNTO.
JÁ ESQUECI.
JÁ PERDOEI.
PUS PARA TRÁS DAS COSTAS.
FECHEI A PORTA A ESSES TEMPOS.

São frases familiares a muitas e muitas pessoas.
Fazem parte das defesas de cada um, assim como do engano de pensar que sem trabalhar essas questões no seu interior, se ultrapassa as frustrações, os ressentimentos, as mágoas, os medos, as perdas e as densidades da vida. 

O passado não fica lá atrás fechando a porta ou pondo só e apenas uma pedra em cima do assunto, porque as emoções são naturais dentro de todos nós.

Somos, passado, somos presente e seremos futuro. 
Tudo o que aparentemente se diz, que ficou para trás sem ficar de facto resolvido, condiciona em muito qualquer presente, e atrapalha qualquer futuro.

O corpo cresce, o tempo passa, as emoções continuam lá e a energia não mudou.
Por isso sem querermos, essas “Panelas de Pressão” irão caminhando pela vida fora com cada um, até que seja decidido resolve-las de verdade. Caso contrário continuarão a atrair situações idênticas e nada muda na vida das pessoas, porque o pensamento não muda e não abandona a dor emocional, do que ficou para trás das costas, do que se pensa ter posto uma pedra em cima do assunto.  

A terapia de Reiki entre muitas outras, abre essas portas e vai permitir que entre a luz para se sarar essas feridas.
Feridas que só assim um dia serão cicatrizes e irão então fazer parte de um passado que já passou e teve o tempo dele, não condicionando de forma alguma o presente ou o futuro de cada um.

No entanto a cura não está neste ou naquele terapeuta, mas sim dentro de cada um de nós.
Essa cura vem daquilo que cada um se permite confiar e do quanto se abre a essa luz para que ela traga então, a tão desejada cura, mudança e alivio do Ser…

Essa cura está acessível a todos, basta querer, procurar e acreditar na força que cada um tem dentro de si. 

Susana Bastos 
23 de Maio de 2014
(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)

PUS UMA PEDRA EM CIMA DO ASSUNTO.
JÁ ESQUECI.
JÁ PERDOEI.
PUS PARA TRÁS DAS COSTAS.
FECHEI A PORTA A ESSES TEMPOS.

São frases familiares a muitas e muitas pessoas.
Fazem parte das defesas de cada um, assim como do engano de pensar que sem trabalhar essas questões no seu interior, se ultrapassa as frustrações, os ressentimentos, as mágoas, os medos, as perdas e as densidades da vida.

O passado não fica lá atrás fechando a porta ou pondo só e apenas uma pedra em cima do assunto, porque as emoções são naturais dentro de todos nós.

Somos, passado, somos presente e seremos futuro.
Tudo o que aparentemente se diz, que ficou para trás sem ficar de facto resolvido, condiciona em muito qualquer presente, e atrapalha qualquer futuro.

O corpo cresce, o tempo passa, as emoções continuam lá e a energia não mudou.
Por isso sem querermos, essas “Panelas de Pressão” irão caminhando pela vida fora com cada um, até que seja decidido resolve-las de verdade. Caso contrário continuarão a atrair situações idênticas e nada muda na vida das pessoas, porque o pensamento não muda e não abandona a dor emocional, do que ficou para trás das costas, do que se pensa ter posto uma pedra em cima do assunto.

A terapia de Reiki entre muitas outras, abre essas portas e vai permitir que entre a luz para se sarar essas feridas.
Feridas que só assim um dia serão cicatrizes e irão então fazer parte de um passado que já passou e teve o tempo dele, não condicionando de forma alguma o presente ou o futuro de cada um.

No entanto a cura não está neste ou naquele terapeuta, mas sim dentro de cada um de nós.
Essa cura vem daquilo que cada um se permite confiar e do quanto se abre a essa luz para que ela traga então, a tão desejada cura, mudança e alivio do Ser…

Essa cura está acessível a todos, basta querer, procurar e acreditar na força que cada um tem dentro de si.

Susana Bastos
23 de Maio de 2014
(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)

Hoje eu sei...

Foto: Hoje eu sei o que é preciso
Hoje eu sei como fazer
Basta não ir a correr
Ter calma e ir devagar
Para um lago gelado atravessar

Hoje eu sei como amar
Ter paciência e esperar
É a única forma de manter
Saudável este sofrer

Hoje sei querer sem poder ter
Sei exactamente o que fazer
Como alimentar a paixão
Diariamente no coração

Paciência é sabedoria
Para quebrar um lago gelado
Fazer a sua travessia
Com muita mestria

Hoje eu sei entender 
Querer e fazer
Hoje eu sei amar e esperar
A hora de tudo mudar

Tendo tudo ou nada
Importante é amar e ser amada 
Semear para colher o que sempre quis
Faz de mim um ser feliz

Susana Bastos 
23 de Maio de 2014
(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)


Hoje eu sei o que é preciso
Hoje eu sei como fazer
Basta não ir a correr
Ter calma e ir devagar
Para um lago gelado atravessar

Hoje eu sei como amar
Ter paciência e esperar
É a única forma de manter
Saudável este sofrer

Hoje eu sei querer sem poder ter
Sei exactamente o que fazer
Como alimentar a paixão
Diariamente no coração

Paciência é sabedoria
Para quebrar um lago gelado
Fazer a sua travessia
Com muita mestria

Hoje eu sei entender
Querer e fazer
Hoje eu sei amar e esperar
A hora de tudo mudar

Tendo tudo ou nada
Importante é amar e ser amada
Semear para colher o que sempre quis
Faz de mim um ser feliz

Susana Bastos
23 de Maio de 2014
(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)

sexta-feira, 23 de maio de 2014


Não há nada...

Foto: Não há nada
Como não fazer nada
Não pensar em nada
Nem deixar que nada
Nos afecte do nada

Não há nada
Nem ninguém
Que nos possa fazer sentir nada
Se nos sentirmos tudo
Em vez de nada
Porque ninguém é nada
A ponto de por nada
Fazer alguém se sentir nada

Se não pensar em nada
Se não disser nada
Só fica sem nada
Se não fizer nada
Para acreditar em si
E em mais nada

Quando dá importância a algo
Que não vale nada
Passa a sofrer
Pelo que nada vale
Passa a temer
Um nada que parece valer tudo
Mas no fundo não vale nada

Por isso seja o que quer ser
Seja tudo ou nada
Sinta-se por si mesmo
Uma pessoa amada
Só assim será tudo
Em vez de ser nada

Susana Bastos 
23 de Maio de 2014
(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)


Não há nada
Como não fazer nada
Não pensar em nada
Nem deixar que nada
Nos afecte do nada

Não há nada
Nem ninguém
Que nos possa fazer sentir nada
Se nos sentirmos tudo
Em vez de nada
Porque ninguém é nada
A ponto de por nada
Fazer alguém se sentir nada

Se não pensar em nada
Se não disser nada
Só fica sem nada
Se não fizer nada
Para acreditar em si
E em mais nada

Quando dá importância a algo
Que não vale nada
Passa a sofrer
Pelo que nada vale
Passa a temer
Um nada que parece valer tudo
Mas no fundo não vale nada

Por isso seja o que quer ser
Seja tudo ou nada
Sinta-se por si mesmo
Uma pessoa amada
Só assim será tudo
Em vez de ser nada

Susana Bastos
23 de Maio de 2014
(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)

Encontro...

Foto: Encontro, é ou não é…
Caminho para o desencontro
Que se voltar a ser encontro
Chamamos de reencontro
Encontro traz felicidade
Desencontro saudade
Reencontro traz certeza
Quando acontece por franqueza 
Mas também traz limpeza
Quando acontece só por fraqueza
Encontro…
Tem tanto de amoroso
Como pode ter de duvidoso
Tanto deixa saudade
Como infelicidade
Quando um encontro não tem sentido
Torna-se num momento perdido
Daqueles de ser esquecido
Que nunca devia ter acontecido
Nunca deverá existir
Reencontro a seguir
Porque não vale a pena insistir
Em momentos para ferir
Mas quando o encontro é sentido
Daqueles bem apetecido
Reencontro vira ansiedade
Para momentos de felicidade
Nada como encontrar
E reencontrar
Um amor para amar
Sem nunca o desencontrar….

Susana Bastos 
19 de Maio de 2014
(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)


Encontro, é ou não é…
Caminho para o desencontro
Que se voltar a ser encontro
Chamamos de reencontro
Encontro traz felicidade
Desencontro saudade
Reencontro traz certeza
Quando acontece por franqueza
Mas também traz limpeza
Quando acontece só por fraqueza
Encontro…
Tem tanto de amoroso
Como pode ter de duvidoso
Tanto deixa saudade
Como infelicidade
Quando um encontro não tem sentido
Torna-se num momento perdido
Daqueles de ser esquecido
Que nunca devia ter acontecido
Nunca deverá existir
Reencontro a seguir
Porque não vale a pena insistir
Em momentos para ferir
Mas quando o encontro é sentido
Daqueles bem apetecido
Reencontro vira ansiedade
Para momentos de felicidade
Nada como encontrar
E reencontrar
Um amor para amar
Sem nunca o desencontrar….

Susana Bastos
19 de Maio de 2014
(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)

Dei-te a chave do meu coração... HH

Foto: Dei-te a chave do meu coração
Guardaste-a com emoção
Somos amor de verdade
Longe, somos saudade
Mas não há distância 
Que apague a lembrança
Dos momentos perto
Do sexo liberto…
Passei a noite a olhar para ti
Sabes o que descobri…?
Que não sei viver sem ti
Sabes do que me apercebi…?
Que preciso de ti aqui
Como sei que precisas de mim, ai
Voltei a olhar e vi
O ser que me completa
O amor que me desperta
Na hora certa…
És espiritualidade
Fantasia e fragilidade
Mas é na tua sinceridade
Que descobri 
Que se não vivo sem ti
É porque te quero
Num momento chamado sempre
Ou seja quero-te eternamente…

Susana Bastos 
19 de Maio de 2014
(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)

Dei-te a chave do meu coração
Guardaste-a com emoção
Somos amor de verdade
Longe, somos saudade
Mas não há distância 
Que apague a lembrança
Dos momentos perto
Do sexo liberto…
Passei a noite a olhar para ti
Sabes o que descobri…?
Que não sei viver sem ti
Sabes do que me apercebi…?
Que preciso de ti aqui
Como sei que precisas de mim, ai
Voltei a olhar e vi
O ser que me completa
O amor que me desperta
Na hora certa…
És espiritualidade
Fantasia e fragilidade
Mas é na tua sinceridade
Que descobri
Que se não vivo sem ti
É porque te quero
Num momento chamado sempre
Ou seja quero-te eternamente…

Susana Bastos
19 de Maio de 2014
(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)

Só tu estás presente... HH



Foto: Estás em tudo 
No meu mundo
Do acordar ao deitar
Do adormecer ao amanhecer
Vivo para te amar
Estás em tudo
Até no meu, eu mais profundo
Vá para onde for
Vais comigo
Por isso estou sempre contigo
Estás em tudo
És uma constante no meu pensamento
És todo o meu sentimento
Nada sem ti tem graça
Seja o que for que eu faça
Sem ti não respiro
Vou amar-te até ao último suspiro
És cumplicidade
Cheia de verdade
És simplicidade
Meu jogo de sensualidade
Tatuaste-me em ti
Tatuei-te em mim
Só tu estás presente
Dentro da minha mente

Susana Bastos 
18 de Maio de 2014
(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor) 


Estás em tudo 
No meu mundo
Do acordar ao deitar
Do adormecer ao amanhecer
Vivo para te amar
Estás em tudo
Até no meu, eu mais profundo
Vá para onde for
Vais comigo
Por isso estou sempre contigo
Estás em tudo
És uma constante no meu pensamento
És todo o meu sentimento
Nada sem ti tem graça
Seja o que for que eu faça
Sem ti não respiro
Vou amar-te até ao último suspiro
És cumplicidade
Cheia de verdade
És simplicidade
Meu jogo de sensualidade
Tatuaste-me em ti
Tatuei-te em mim
Só tu estás presente
Dentro da minha mente

Susana Bastos
18 de Maio de 2014
(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)

Ter felicidade...

Foto: Ter paz 
Ter felicidade
Viver nos padrões da verdade
Devia ser para todos os seres
A sua maior realidade
Seriam mais realizados
Seres em si mais focados
Cheios de motivação
Viveriam a vida com mais paixão
Mas quase todos preferem escolher
Outro caminho para percorrer
Passam a vida a esquecer
Que a felicidade está no seu querer
Nos seus pensamentos
Causa dos seus tormentos
Que continuam a alimentar
Sem os querer trabalhar
Para a vida mudar
E coisas diferentes lhes dar…

Susana Bastos 
17 de Maio de 2014
(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)

Ter paz 
Ter felicidade
Viver nos padrões da verdade
Devia ser para todos os seres
A sua maior realidade
Seriam mais realizados
Seres em si mais focados
Cheios de motivação
Viveriam a vida com mais paixão
Mas quase todos preferem escolher
Outro caminho para percorrer
Passam a vida a esquecer
Que a felicidade está no seu querer
Nos seus pensamentos
Causa dos seus tormentos
Que continuam a alimentar
Sem os querer trabalhar
Para a vida mudar
E coisas diferentes lhes dar…

Susana Bastos
17 de Maio de 2014
(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)

Ter prazer...

Foto: Ter na vida prazer
É saber escolher
O que na vida quer ter
E fazer por merecer…
Prazer, palavra tramada
Tantas vezes mal usada
Tantas vezes equivocada
Por todos tão focada
Motivo de tanta facada…
Ter prazer 
Sem nada para isso fazer
É o lema de muito Ser
Quando só pensa em ter
Acabando por sofrer
O que acabou por escolher…
Para ter prazer
O Ser devia era de ter
Vontade de amar
Nos detalhes da vida se focar
Devia de pensar
Que a vida é um ir e voltar
E começar a perceber
Que não lhe vale de nada ter
Porque na vida o maior prazer
É trabalhar o seu ser…

Susana Bastos 
17 de Maio de 2014
(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)

Ter na vida prazer
É saber escolher
O que na vida quer ter
E fazer por merecer…
Prazer, palavra tramada
Tantas vezes mal usada
Tantas vezes equivocada
Por todos tão focada
Motivo de tanta facada…
Ter prazer
Sem nada para isso fazer
É o lema de muito Ser
Quando só pensa em ter
Acabando por sofrer
O que acabou por escolher…
Para ter prazer
O Ser devia era de ter
Vontade de amar
Nos detalhes da vida se focar
Devia de pensar
Que a vida é um ir e voltar
E começar a perceber
Que não lhe vale de nada ter
Porque na vida o maior prazer
É trabalhar o seu ser…

Susana Bastos
17 de Maio de 2014
(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)

O Universo disse ao tempo...

Foto: O Universo disse ao tempo
Que tem tanto tempo 
Quanto tempo precisar 
Para com tempo levar
Cada SER a semear
O que quer colher no tempo…

Neste tempo de passagem
Que leva o tempo de uma vida
Vida que não tem tempo
Para que se perca tempo
Estragando no tempo
O que o tempo lhe dá…

Porque o tempo do Universo
É intemporal
E apesar de divinal
Tempo é sempre tempo 
Que acaba no tempo
Quando o tempo acabar
Quando chegar o tempo
Do Ser regressar…

Susana Bastos 
17 de Maio de 2014
(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)


O Universo disse ao tempo
Que tem tanto tempo 
Quanto tempo precisar 
Para com tempo levar
Cada SER a semear
O que quer colher no tempo…

Neste tempo de passagem
Que leva o tempo de uma vida
Vida que não tem tempo
Para que se perca tempo
Estragando no tempo
O que o tempo lhe dá…

Porque o tempo do Universo
É intemporal
E apesar de divinal
Tempo é sempre tempo
Que acaba no tempo
Quando o tempo acabar
Quando chegar o tempo
Do Ser regressar…

"Pois quem não tiver tempo para ser, bem pode parecer, que o tempo nunca lhe trará o ter"

"O segredo está em perceber em pouco tempo, que o tempo é pouco, porque se levarmos muito tempo a descortinar o tempo, ficamos sem tempo para viver o tempo que o tempo nos dá"

"Somos o tempo que queremos ser e disso depende o nosso sofrer. São precisamente as opções de cada um, de viver o tempo, como acha que o seu tempo deve ser vivido que fará do tempo de cada um, um tempo com mais ou menos qualidade nesse tempo vivido"

Susana Bastos
17 de Maio de 2014
(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)





Uum dia vais voltar...HH

Foto: Um dia vais voltar
Serás só meu
Porque nunca vais encontrar
Ninguém que te ame como eu
No mundo não há ninguém
Que faça amor, como nós fazemos
Por isso nos merecemos
E não somos de outro, alguém
Sei que te irás arrepender
Sem nunca me conseguir esquecer
Vais então perceber
Que só eu sou, o teu querer
Encaixamos bem demais
Tivemos momentos surreais
Tu és viciado em mim
Eu viciada em ti
Já passámos por tanta coisa superada
Sempre me fizeste sentir amada
Sei que irás voltar
Porque só eu te sei amar
Não há como fugir
Do sentimento que estás a sentir
Por isso de ti nunca vou desistir
Até te voltar a sentir...

Susana Bastos 
16 de Maio de 2014
(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)

Um dia vais voltar
Serás só meu
Porque nunca vais encontrar
Ninguém que te ame como eu
No mundo não há ninguém
Que faça amor, como nós fazemos
Por isso nos merecemos
E não somos de outro, alguém
Sei que te irás arrepender
Sem nunca me conseguir esquecer
Vais então perceber
Que só eu sou, o teu querer
Encaixamos bem demais
Tivemos momentos surreais
Tu és viciado em mim
Eu viciada em ti
Já passámos por tanta coisa superada
Sempre me fizeste sentir amada
Sei que irás voltar
Porque só eu te sei amar
Não há como fugir
Do sentimento que estás a sentir
Por isso de ti nunca vou desistir
Até te voltar a sentir...

Susana Bastos
16 de Maio de 2014
(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)

Nada me afecta...

Foto: <3 -----------------> <3
Boa noite...




Nada na vida me afecta... Nem me tira o sorriso...
O Universo é soberano e resolve cada assunto nosso, a seu tempo, no tempo certo.
Não nos temos que preocupar mais do que o necessário.
Mesmo quem connosco não é correcto, irá colher o que semeou, sem precisarmos alimentar sentimentos negativos com essas pessoas. 
Apenas devemos desejar que sejam felizes, o que não é fácil quando o que semeiam não é o mais saudável.
A vida é bela, para quê dar-mos cabo dela com pensamentos negativos...?
Sorrir é sempre o melhor remédio. 
Nunca desistir a maior motivação.
Esperar pelo que merecemos, a melhor opção 
Amar é viver a vida com aceitação...

Susana Bastos 
13 de Maio de 2014
(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)

Ser Fiel...




Foto: SER FIEL
Não é permanecer numa relação sem querer
Não é viver em sofrimento por um relacionamento
É escolher ficar com quem se está a amar 
E ter o que sempre quis
Que é ser feliz…
É compreender os erros do passado
E se está apaixonado
Deve sentir-se um privilegiado
No entanto precisa aprender a viver 
E desde início saber
Que há grandes esforços a fazer
Para uma relação se manter
Essa é a maior prova de amor
Perante si e o outro Ser…

SER FIEL
Quando se ama alguém 
É não ter mais ninguém
Nem no pensamento
Nem no sentimento
É alimentar a paixão
Com orgulho e determinação
É construir uma relação
Sem recorrer há traição
E de nada vale brigar
A não ser para estragar
O que o outro lhe está a dar

SER FIEL
É ter visão e saber de antemão
Que para manter uma paixão
De muita coisa se tem que abrir mão
Os obstáculos entender
Os defeitos do outro compreender
Não querer ter a razão
Muito menos o poder
Mas fazer tudo para o outro merecer
É confiar, acreditar e respeitar
O outro não decepcionar
Parar de inventar no que quer acreditar
E começar a dialogar em vez de acusar
Julgar e condenar
Esta é a única forma possível de se relacionar
Ser feliz e amar…

Susana Bastos 
12 de Maio de 2014
(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor) 

SER FIEL
Não é permanecer numa relação sem querer
Não é viver em sofrimento por um relacionamento
É escolher ficar com quem se está a amar 
E ter o que sempre quis
Que é ser feliz…
É compreender os erros do passado
E se está apaixonado
Deve sentir-se um privilegiado
No entanto precisa aprender a viver
E desde início saber
Que há grandes esforços a fazer
Para uma relação se manter
Essa é a maior prova de amor
Perante si e o outro Ser…

SER FIEL
Quando se ama alguém
É não ter mais ninguém
Nem no pensamento
Nem no sentimento
É alimentar a paixão
Com orgulho e determinação
É construir uma relação
Sem recorrer há traição
E de nada vale brigar
A não ser para estragar
O que o outro lhe está a dar

SER FIEL
É ter visão e saber de antemão
Que para manter uma paixão
De muita coisa se tem que abrir mão
Os obstáculos entender
Os defeitos do outro compreender
Não querer ter a razão
Muito menos o poder
Mas fazer tudo para o outro merecer
É confiar, acreditar e respeitar
O outro não decepcionar
Parar de inventar no que quer acreditar
E começar a dialogar em vez de acusar
Julgar e condenar
Esta é a única forma possível de se relacionar
Ser feliz e amar…

Susana Bastos
12 de Maio de 2014
(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)
Foto

domingo, 11 de maio de 2014

Ler-te foi maravilhoso...HH


Quem vê a capa
Nem vai acreditar
Mas foste o mistério
Que mais gostei de desvendar

Hoje posso dizer
Que foste o livro
Que mais gostei de ler
Que mais me deu prazer

O teu personagem
E a tua abordagem
Marcaram esta eterna viagem
Pela minha paisagem

És poderoso
És especial
Ler-te foi maravilhoso
És um personagem fenomenal
Honesto e sincero
Simpático e amigável
Muito puro
Às vezes um pouco inseguro
Mas determinado e confiável

Desfolhei-te até ao fim
Senti o teu personagem em mim
Em tudo me surpreendi
No momento em que percebi
Que eras diferente do habitual
Um ser interessante, paciente
Educado e inteligente
Um ser sensível
Com tanto de teimoso
Como de amoroso
Mas extremamente bondoso

Com muito amor e paixão
Guardei-te na cabeceira
Para nunca mais te perder
E todas as noites te voltar a ler
Porque o teu personagem
É todo o meu querer

Susana Bastos
10 de Maio de 2014
(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)

Tatuaste o meu coração...


Tatuaste o meu coração
Viajaste no meu corpo
Iluminaste a minha alma
Não sais da minha mente
Quando comigo não estás 
Sinto-me carente
Quando comigo estás
Sou um ser diferente
Sou eu mesmo
E o meu querer
Faço tudo
Para te ver feliz
És a mulher que sempre quis
Quero-te como a ninguém
Para poder ser alguém
És a minha vida
A minha musa
A minha princesa
És a luz que me ilumina
A mulher que me fascina
Contigo quero ficar
Para sempre te amar…

Susana Bastos
10 de Maio de 2014
(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)

sábado, 10 de maio de 2014

Eu+Tu=Nós

Foto: Sempre comigo presente em ti
Sempre contigo dentro de mim
Nunca na vida amámos alguém assim
Deste jeito sem fim
É sentir o amor do amanhecer
Ao escurecer
É sentir a paixão 
Mesmo na escuridão
É viver em pleno cada dia
Sempre com alegria
E mesmo na dificuldade
Na maneira de a encarar
É com a força da verdade
Cheia de tranquilidade
Que nos mantemos perdidos
Mas sempre unidos
Realmente quem diria
Que seriamos um do outro um dia
Realmente quem diria
Que o Universo um dia nos juntaria…

Susana Bastos 
10 de Maio de 2014
(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)


Sempre comigo presente em ti
Sempre contigo dentro de mim
Nunca na vida amámos alguém assim
Deste jeito sem fim
É sentir o amor do amanhecer
Ao escurecer
É sentir a paixão
Mesmo na escuridão
É viver em pleno cada dia
Sempre com alegria
E mesmo na dificuldade
Na maneira de a encarar
É com a força da verdade
Cheia de tranquilidade
Que nos mantemos perdidos
Mas sempre unidos
Realmente quem diria
Que seriamos um do outro um dia
Realmente quem diria
Que o Universo um dia nos juntaria…

Susana Bastos
10 de Maio de 2014
(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)