(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)

domingo, 31 de agosto de 2014


In "DESESPERADO" Susana Bastos (Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)

Foto: “Simplesmente disse … 
-Vai ser feliz. Ficamos por aqui, tu não és o que sempre quis. 
A seguir resolvi ser forte, indiferente e ausente, mesmo que te visse, com um outro, alguém. 
Pensava que conseguia ignorar a dor, de te ver com um novo amor. 
Mas agora quando te vi, não tenho palavras para descrever tudo o que senti, por não te ter mais ao pé de mim. Por te ver nos braços de um outro qualquer e saber dentro de mim, que ninguém te ama mais que eu. Que lhe estás a dar tudo o que é meu.
Agora sei o que doí saber que para ti eu sou passado, que pouco te importa como estou desesperado. 
Agora sei a dor que sentiste, quando te disse que para mim eras passado, que não te podia ter no presente, quando no fundo no mais íntimo de mim, o que eu mais queria era que fosses o meu único futuro…
Penso em ti a toda a hora, não me sais do pensamento, és em mim, constante sentimento. Olho as tuas fotografias, sem conter as lágrimas sentidas, no desespero de saber, que sem ti vou morrer sozinho, por não ter mais o teu amor, o teu carinho.
Hoje preciso que me oiças, como eu nunca te quis ouvir quando choravas para eu ficar, quando me mimavas para eu voltar. 
Dava tudo para voltar atrás, só para te poder dizer, o que não disse da última vez e voltar a ter o que hoje, a ele lhe dás.
Por causa de mim, sei que te perdi. 
Sei que não percebi, que o mais importante para mim, era ser feliz com quem no fundo eu sempre quis. “

In "DESESPERADO"
Susana Bastos
(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)


“Simplesmente disse … 
-Vai ser feliz. Ficamos por aqui, tu não és o que sempre quis. 
A seguir resolvi ser forte, indiferente e ausente, mesmo que te visse, com um outro, alguém. 
Pensava que conseguia ignorar a dor, de te ver com um novo amor.
Mas agora quando te vi, não tenho palavras para descrever tudo o que senti, por não te ter mais ao pé de mim. Por te ver nos braços de um outro qualquer e saber dentro de mim, que ninguém te ama mais que eu. Que lhe estás a dar tudo o que é meu.
Agora sei o que doí saber que para ti eu sou passado, que pouco te importa como estou desesperado.
Agora sei a dor que sentiste, quando te disse que para mim eras passado, que não te podia ter no presente, quando no fundo no mais íntimo de mim, o que eu mais queria era que fosses o meu único futuro…
Penso em ti a toda a hora, não me sais do pensamento, és em mim, constante sentimento. Olho as tuas fotografias, sem conter as lágrimas sentidas, no desespero de saber, que sem ti vou morrer sozinho, por não ter mais o teu amor, o teu carinho.
Hoje preciso que me oiças, como eu nunca te quis ouvir quando choravas para eu ficar, quando me mimavas para eu voltar.
Dava tudo para voltar atrás, só para te poder dizer, o que não disse da última vez e voltar a ter o que hoje, a ele lhe dás.
Por causa de mim, sei que te perdi.
Sei que não percebi, que o mais importante para mim, era ser feliz com quem no fundo eu sempre quis. “

In "DESESPERADO"
Susana Bastos
(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)

Foto

JÓIA RARA...


Foto: JÓIA RARA...

Encontra-me…!
Aquece o meu coração
Nestas horas infinitas de solidão
Enrola-me na ternura dos teus braços
Deixa-me sentir, os teus afagos

Procura-me…!
Nos meus sonhos
Nas minhas lágrimas sentidas
Num caminho que sem ti 
Não tem destino

Procura-me…!
Nesta ausência de ti
Ausência dos teus beijos
Nesta tristeza infinita
Longe dos teus desejos

Vivo nesta agonia
À tua espera dia após dia
Sei que só tu és capaz
De me devolver a minha paz

Nesta saudade que bate forte
Nesta dor que não acaba
Neste amor que sem fim
Perdeu o norte sem ti

Surpreende-me …!
Com esse teu jeito irreverente
Essa tua rebeldia 
Cheia de pura magia

Procura-me
Encontra-me
Eu sou o teu “cara”
Tu a minha Jóia Rara

Susana Bastos
31 de Agosto 2014
(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)

Encontra-me…!
Aquece o meu coração
Nestas horas infinitas de solidão
Enrola-me na ternura dos teus braços
Deixa-me sentir, os teus afagos

Procura-me…!
Nos meus sonhos
Nas minhas lágrimas sentidas
Num caminho que sem ti 
Não tem destino

Procura-me…!
Nesta ausência de ti
Ausência dos teus beijos
Nesta tristeza infinita
Longe dos teus desejos

Vivo nesta agonia
À tua espera dia após dia
Sei que só tu és capaz
De me devolver a minha paz

Nesta saudade que bate forte
Nesta dor que não acaba
Neste amor que sem fim
Perdeu o norte sem ti

Surpreende-me …!
Com esse teu jeito irreverente
Essa tua rebeldia 
Cheia de pura magia

Procura-me
Encontra-me
Eu sou o teu “cara”
Tu a minha Jóia Rara

Susana Bastos
31 de Agosto 2014
(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)

Mergulho Nocturno de Verão...

                             
               

EU NÃO QUERO VIVER SEM TI…


Foto: EU NÃO QUERO VIVER SEM TI…

Eu não quero viver sem ti 
Esta situação tão estranha
Ficaste dentro de mim
És amor que arranha

O que parecia ser uma paixão
Está tão diferente agora assim
Estás dentro do meu coração
Mas tão longe de mim

Eu não quero viver sem ti
Eu quero-te a toda a hora
Quero-te perto de mim
Quero-te aqui agora

Princesa! Sem ti, não sei viver
És todo o meu querer
Anseio o dia de te ouvir dizer
Que serás minha para sempre

Espero o dia de te ver chegar
E nunca mais te ver partir
Espero de ti sentir
Teu amor sem me resistir

Nunca vou conseguir viver sem ti
Sobreviver sem o teu amor
Só sei que se para sempre te perder
Interiormente, eu vou morrer…

Susana Bastos
30 de Agosto 2014
(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)

Eu não quero viver sem ti 
Esta situação tão estranha
Ficaste dentro de mim
És amor que arranha

O que parecia ser uma paixão
Está tão diferente agora assim
Estás dentro do meu coração
Mas tão longe de mim

Eu não quero viver sem ti
Eu quero-te a toda a hora
Quero-te perto de mim
Quero-te aqui agora

Princesa! Sem ti, não sei viver
És todo o meu querer
Anseio o dia de te ouvir dizer
Que serás minha para sempre

Espero o dia de te ver chegar
E nunca mais te ver partir
Espero de ti sentir
Teu amor sem me resistir

Nunca vou conseguir viver sem ti
Sobreviver sem o teu amor
Só sei que se para sempre te perder
Interiormente, eu vou morrer…

Susana Bastos
30 de Agosto 2014
(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)
Foto: Bom Fim-de-semana...
Muita Luz...
<3 --------------> <3

NOSSO TEMPO...


Foto: NOSSO TEMPO...

Vai chegar no tempo certo, o nosso tempo, apenas e só, porque o nosso amor não se vai perder no tempo, depois de muito tempo ter perdido, a viver o tempo que lhe foi concedido…

Susana Bastos
30 de Agosto 2014
(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)


Vai chegar no tempo certo, o nosso tempo, apenas e só, porque o nosso amor não se vai perder no tempo, depois de muito tempo ter perdido, a viver o tempo que lhe foi concedido…


Susana Bastos
30 de Agosto 2014
(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)

AMIGOS GUERREIROS...


Foto: AMIGOS GUERREIROS...

No dia que te conheci
Foi um dia especial para mim
Pois foi ao pé de ti
Que o amor encontrei,
Quando com o teu amigo 
No teu bar entrei
E por ele me apaixonei

O tempo passou
E a nossa amizade ganhou
Contornos verdadeiros
Pois somos amigos guerreiros

Hoje, és um amigo que admiro
Que sabe que por ele, ainda suspiro
Que está sempre ai para mim
Como eu estou aqui para ti
Que não me deixa cair
Muito menos desistir
Tal como eu, sabe acreditar
Que o que queremos, sem duvidar
A vida nos há-de recompensar
És um ser maravilhoso
Deves sentir-se orgulhoso
Tua maior qualidade
É seres puro de verdade

És um amigo super porreiro
Para mim és um guerreiro
E queres saber porquê?
Porque é no meio de um conflito
Quando estás mais aflito
A lutar por resolver
O que impede o teu querer
Que te tornas num Guerreiro
Que que cada passo teu é certeiro
Cada conquista é especial
Ao atingires o teu ideal
Alimentando cada sonho
Por um futuro risonho…

O tempo passou
E a nossa amizade ganhou
Contornos verdadeiros
Pois somos amigos guerreiros

Susana Bastos
10 de Agosto de 2014
(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)
TRECHO DE UM LIVRO ainda em construção

No dia que te conheci
Foi um dia especial para mim
Pois foi ao pé de ti
Que o amor encontrei,
Quando com o teu amigo 
No teu bar entrei
E por ele me apaixonei

O tempo passou
E a nossa amizade ganhou
Contornos verdadeiros
Pois somos amigos guerreiros

Hoje, és um amigo que admiro
Que sabe que por ele, ainda suspiro
Que está sempre ai para mim
Como eu estou aqui para ti
Que não me deixa cair
Muito menos desistir
Tal como eu, sabe acreditar
Que o que queremos, sem duvidar
A vida nos há-de recompensar
És um ser maravilhoso
Deves sentir-se orgulhoso
Tua maior qualidade
É seres puro de verdade

És um amigo super porreiro
Para mim és um guerreiro
E queres saber porquê?
Porque é no meio de um conflito
Quando estás mais aflito
A lutar por resolver
O que impede o teu querer
Que te tornas num Guerreiro
Que que cada passo teu é certeiro
Cada conquista é especial
Ao atingires o teu ideal
Alimentando cada sonho
Por um futuro risonho…

O tempo passou
E a nossa amizade ganhou
Contornos verdadeiros
Pois somos amigos guerreiros

Susana Bastos
10 de Agosto de 2014
(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)


O SEGREDO...


Foto: O SEGREDO...

Amor não deixa de existir
Distância em nada atrapalha
Enquanto o coração sentir
Uma relação não falha

Planos continuam a ser feitos
Na certeza de que serão cumpridos
Como todos os desejos
Sejam actuais ou antigos

Até pode a solidão bater à porta
E dúvidas entrarem pela janela
Quem com amor semeia sua horta
Recompensas, colherá nela

Distância faz do amor um fascínio
Saudade traz-lhe certezas
A paixão torna-se o seu domínio
Deixa de haver fraquezas

O segredo está em acreditar 
E ao outro se manter fiel sem duvidar 
Pois demore o tempo que demorar
O segredo é continuar a amar...

Susana Bastos 
28 de Agosto de 2014
(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)

Amor não deixa de existir
Distância em nada atrapalha
Enquanto o coração sentir
Uma relação não falha

Planos continuam a ser feitos
Na certeza de que serão cumpridos
Como todos os desejos
Sejam actuais ou antigos

Até pode a solidão bater à porta
E dúvidas entrarem pela janela
Quem com amor semeia sua horta
Recompensas, colherá nela

Distância faz do amor um fascínio
Saudade traz-lhe certezas
A paixão torna-se o seu domínio
Deixa de haver fraquezas

O segredo está em acreditar 
E ao outro se manter fiel sem duvidar 
Pois demore o tempo que demorar
O segredo é continuar a amar...

Susana Bastos 
28 de Agosto de 2014
(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)

sábado, 30 de agosto de 2014

Hoje quando acordei...


Foto: Hoje quando acordei
Tinha a janela entreaberta
Espreitei mas nada vi
Só sei que os teus passos senti

Hoje quando acordei
Percebi que contigo dormi
Tanto te desejei
Que ainda te sentia dentro de mim

Toda a noite fizemos amor
Toda a noite senti o teu calor
Acordei feliz
Tive o sonho que sempre quis

Tão real, tão verdadeiro 
Tão sentido e remexido
Estavas ali inteiro
Tu para mim e eu para ti

Há quem lhe chame premonitório
Se é ou não, não sei
Mas posso garantir
Que foi muito satisfatório

Toda a noite fizemos amor
Toda a noite senti o teu calor
Acordei feliz
Tive o sonho que sempre quis

Tão real, tão verdadeiro 
Tão sentido e remexido
Estavas ali inteiro
Tu para mim e eu para ti

Susana Bastos 
10 de Agosto de 2014
(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)

Hoje quando acordei
Tinha a janela entreaberta
Espreitei mas nada vi
Só sei que os teus passos senti

Hoje quando acordei
Percebi que contigo dormi
Tanto te desejei
Que ainda te sentia dentro de mim

Toda a noite fizemos amor
Toda a noite senti o teu calor
Acordei feliz
Tive o sonho que sempre quis

Tão real, tão verdadeiro 
Tão sentido e remexido
Estavas ali inteiro
Tu para mim e eu para ti

Há quem lhe chame premonitório
Se é ou não, não sei
Mas posso garantir
Que foi muito satisfatório

Toda a noite fizemos amor
Toda a noite senti o teu calor
Acordei feliz
Tive o sonho que sempre quis

Tão real, tão verdadeiro 
Tão sentido e remexido
Estavas ali inteiro
Tu para mim e eu para ti

Susana Bastos 
10 de Agosto de 2014
(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)

Coração que não te esquece...


Foto: Penso em ti 
Assim que o sol nasce
Dia após dia
Cheio de força e alegria

Já jurei tantas vezes
Esquecer que existes
Mas todas essas certezas
Vão embora depois do sol se pôr

Porque que é que eu ainda acredito neste amor?
Porque é que mantenho e alimento esta dor?
É o coração que não te esquece
E a saudade que não desaparece
É vontade de te ter
Em teus braços adormecer

Penso em ti
Assim que o sol nasce
Dia após dia
Cheio de força e alegria

Tudo em ti me faz insistir
Em contigo querer ficar
De ti nunca vou desistir
Vou continuar a amar

Susana Bastos 
25 de Agosto de 2014
(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)


Penso em ti 
Assim que o sol nasce
Dia após dia
Cheio de força e alegria

Já jurei tantas vezes
Esquecer que existes
Mas todas essas certezas
Vão embora depois do sol se pôr

Porque que é que eu ainda acredito neste amor?
Porque é que mantenho e alimento esta dor?
É o coração que não te esquece
E a saudade que não desaparece
É vontade de te ter
Em teus braços adormecer

Penso em ti
Assim que o sol nasce
Dia após dia
Cheio de força e alegria

Tudo em ti me faz insistir
Em contigo querer ficar
De ti nunca vou desistir
Vou continuar a amar

Susana Bastos 
25 de Agosto de 2014
(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)

Foto: <3 -----------------------------> <3

Foto: Pedro Peralta

sexta-feira, 22 de agosto de 2014


Saudade que te chama...

Foto: A esta hora, à tardinha
Sinto um enorme desejo
De sentir o teu beijo
Na noite que se avizinha

Peço a todas as fadas
Que te tragam até mim
Por todas essas estradas 
Que caminhas sem fim

Esta saudade que te chama
Para que sejas a cura
De todo o meu drama
Da minha loucura

Sei o quanto doí 
O quanto te corrói
Esta nossa dor
Fruto do nosso amor

Somos felicidade
Juntos, somos só um
Encontro de verdade
Na hora de matar a saudade

Por isso aqui te espero
A ti, amor sincero
Para receber esse teu beijo
Que tanto de ti desejo

Susana Bastos 
10 de Agosto de 2014
(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)



A esta hora, à tardinha
Sinto um enorme desejo
De sentir o teu beijo
Na noite que se avizinha

Peço a todas as fadas
Que te tragam até mim
Por todas essas estradas 
Que caminhas sem fim

Esta saudade que te chama
Para que sejas a cura
De todo o meu drama
Da minha loucura

Sei o quanto doí 
O quanto te corrói
Esta nossa dor
Fruto do nosso amor

Somos felicidade
Juntos, somos só um
Encontro de verdade
Na hora de matar a saudade

Por isso aqui te espero
A ti, amor sincero
Para receber esse teu beijo
Que tanto de ti desejo

Susana Bastos 
10 de Agosto de 2014
(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)

Teu Silêncio...




Foto: O teu silêncio fala por ti
Palavras que não tem som
Sentimentos que não tem fim
Impossíveis de esconder de mim
Por muito que te contenhas
Por muito que te escondas
Serás sempre transparente
Transbordas  amor ardente
Mesmo quando te fazes ausente

Susana Bastos 
9 de Agosto de 2014
(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)



O teu silêncio fala por ti
Palavras que não tem som
Sentimentos que não tem fim
Impossíveis de esconder de mim
Por muito que te contenhas
Por muito que te escondas
Serás sempre transparente
Transbordas amor ardente
Mesmo quando te fazes ausente

Susana Bastos 
9 de Agosto de 2014
(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)