(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)

quinta-feira, 21 de abril de 2011

Dias sem ti...



Dias sem ti é tempo demais…
São muitos dias sem ti, muitas horas sem a tua presença física, muito tempo sem te poder abraçar, sem te poder beijar.
Preciso de ti, aqui!
Não aguento mais esta tua ausência.
Custa-me respirar sem ti ao meu lado, sem o teu colo, sem o teu aconchego.
Tenho saudades do teu toque, das tuas palavras, das tuas mãos.
Valem-me as recordações. E isso, não me podes roubar.
Mas roubaste-me o coração. Despedaçaste-o em mil pedaços, quando de repente comigo deixaste de ser decente.
Desejo-te mais do que pensei que conseguiria.
Amo-te mais do que alguma vez pensaria amar alguém, e agora para ti, eu não sou ninguém.
Disseste: - “És o lugar onde me sinto melhor”
Mas não! Afinal não era…
Já tu eras tudo para mim, mas foste a minha maior desilusão, no entanto continuas dentro do meu coração.
Afinal eu era a tua segunda escolha. Foi tudo uma ilusão. Pura ilusão.
Mas eu acreditei. A sério que acreditei. Acreditei quando disseste que eu era a tua grande paixão…  

Susana Bastos
(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)