(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)

quarta-feira, 27 de abril de 2011

Adoro-te Amiga...


Foste por os pés de molho
E na minha vida entraste
Nem sei como chegaste
Mas minha amiga ficaste
Não é por acaso
Que as pessoas se cruzam
Não é por acaso
Que as pessoas se ligam
Se na minha vida entraste
E nela ficaste
É porque até aqui caminhaste
E em mim acreditaste
Gosto da tua energia
Da tua alegria e simpatia
Gosto também da nossa empatia
Já fazes parte do meu universo
Pois é contigo que mais converso
Quando ambas estamos de regresso
Ou no sentido inverso
Aos negócios nos dedicamos
No trabalho nos empenhamos
Mas é nas horas de lazer
Que mais nos conquistamos
Sabes dos meus segredos
Vou sabendo dos teus também
Entrámos na vida uma da outra

E parece que nos damos bem

1 comentário: