(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)

sexta-feira, 10 de abril de 2015

Sinto sem querer...


Não sei sorrir sem querer sorrir.
Não sei chorar sem querer chorar.
Mas sinto sem querer, aquilo que o meu coração quer ter e isso é tudo o que quero viver, para ir ao encontro do meu querer.
Tal como não sei ser, aquilo que não sou.
Quando eu sou, sou de forma tão completa, que não existe uma parte do meu ser que não transborde isso.
Por isso sou feliz…
Sou feliz porque sinta o que sentir, em mim nunca vai deixar de existir o compromisso com a esperança.
Nem nunca vou deixar para traz nenhuma lembrança, porque tudo o que vivi foi porque de verdade assim senti.
Hoje só vivo assim…
Cheia de emoção, com muita paixão no coração, mesmo nos momentos de dor, tristeza ou desilusão, porque a vida para mim é e vai continuar a ser sempre a minha maior paixão…

07 de Abril de 2015
In ”De Dentro Para Fora”
Susana Bastos
(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)

Sem comentários:

Enviar um comentário