(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)

segunda-feira, 22 de julho de 2013

EGO



Foto: EGO...

Hoje ninguém se rege pela essência, 
Parece que todos vivem na carência, 
Não há decência nem abstinência. 
O que interessa mesmo é a aparência.
Maldito Ego, 
Que deixa o ser completamente cego, 
A viver num total desassossego, 
Num completo desapego.
O Ego só provoca insatisfação, 
Enganos na busca da perfeição, 
Leva as pessoas à traição,
Até estragarem uma relação.
Só Ego no momento consegue ter prazer,  
Mas depois de arrefecer, 
Chega um vazio sem querer, 
Que faz a essência se arrepender.
O Ego precisa de ser bajulado, 
Para se sentir bem adaptado, 
Através do sexo acha-se amado, 
Sem perceber que por si mesmo é enganado.
Que quantidade não é qualidade, 
Que vive tudo menos na verdade, 
Que nunca se preencherá nessa realidade, 
Mas sim na essência da sua autenticidade.

Por: Susana Bastos 
22 de Julho de 2013



Hoje ninguém se rege pela essência
Parece que todos vivem na carência
Não há decência nem abstinência
O que interessa mesmo é a aparência

Maldito Ego
Deixa o ser completamente cego
A viver num total desassossego
Num completo desapego

O Ego só provoca insatisfação
Enganos na busca da perfeição
Leva as pessoas à traição
Até estragarem uma relação

Só Ego no momento consegue ter prazer
Mas depois de arrefecer
Chega um vazio sem querer
Que faz a essência se arrepender

O Ego precisa de ser bajulado
Para se sentir bem adaptado
Através do sexo acha-se amado
Sem perceber que por si mesmo é enganado

Quantidade não é qualidade
Vive tudo menos na verdade
Nunca se preencherá nessa realidade

Mas sim na essência da sua autenticidade

Sem comentários:

Enviar um comentário