(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)

terça-feira, 26 de janeiro de 2016

Para além do Infinito...


Nada na vida é por acaso e os sinais que chegam nunca vem por vir, mas para nos fazer questionar o porquê do nosso existir. Ninguém se encontra nesta vida, só porque tinha que se encontrar, ninguém experiência relações de família, amigos, amores, só por que sim, nem é só porque sim que tudo na vida tem um princípio, um meio e um fim.
Tudo acontece com um propósito e tem o seu prazo de validade, mesmo que cada Ser não queira ver a realidade. Ela é assim...!
Não vale a pena querer desistir de sentimentos que se estão a sentir, só porque a razão tem que prevalecer sobre a emoção. Não vale a pena permanecer numa relação quando já não há sentimento com emoção. É puro engano de cada Ser. pensar demais na razão, enquanto deixa fugir a emoção ou acha que pode comandar e apagar o que está a sentir.
Mas não pode!
Pode fugir, viajar para bem longe, ou silenciar-se para sempre, mas jamais consegue esconder de si mesmo o que sente, mesmo em negação ...
Não vale a pena!
Não vale a pena porque só está a chamar a infelicidade e a dos que estão à volta.
Não se consegue afastar da mente, o que o coração sente e a alma não desmente.
O que o Ser tem que sentir, está escrito para além do Infinito...
Susana Bastos
(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)

Sem comentários:

Enviar um comentário