(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)

segunda-feira, 15 de junho de 2015

Tempo...



Quem não tiver tempo para ser, bem pode parecer…
Que o tempo nunca lhe trará, aquilo que o Ser quer ter…

O segredo está em perceber em pouco tempo, que o tempo é pouco, porque se levarmos muito tempo a descortinar o tempo, ficamos sem tempo para viver o tempo que o tempo nos dá…

O Universo disse ao tempo
Que tem tanto tempo
Quanto tempo precisar
Para com tempo levar
Cada SER a semear
O que quer colher no tempo…

Neste tempo de passagem
Que leva o tempo de uma vida
Vida que não tem tempo
Para que se perca tempo
Estragando no tempo
O que o tempo lhe dá…

Porque o tempo do Universo
É intemporal
E apesar de divinal
Tempo é sempre tempo
Que acaba no tempo
Quando o tempo acabar
Quando chegar o tempo
Do Ser regressar…

São precisamente as opções de cada um, de viver o tempo, como acha que o seu tempo deve ser vivido que fará do tempo de cada um, um tempo com mais ou menos qualidade nesse tempo vivido…
Somos o tempo que queremos ser e disso depende o nosso sofrer…

Susana Bastos
6 de Junho de 2015
(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)

Sem comentários:

Enviar um comentário