(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)

sexta-feira, 2 de agosto de 2013

Vais Voltar HH

Foto: Estava tão sossegada,
No seu canto recatada, 
Emoção equilibrada, 
Pela vida marcada.
Deixa-lo entrar, 
Foi algo de arrepiar, 
Que ela fez sem pensar, 
Somente a desejar.
Nada estava a querer, 
Mas levou todo o seu Ser, 
Entregou-se com prazer, 
Até as emoções remexer.
Acreditou na intenção, 
Transmitida com paixão, 
De que seria um serão, 
Que entraria no coração.
Percebeu então, 
Que para além da excitação, 
Da boleia para o avião, 
Das saudades em vão, 
Tudo não passava de uma ilusão.

Por: Susana Bastos 
2 de Agosto de 2013

Estava tão sossegada
No meu canto, recatada 
Deixar-te entrar
Foi algo de arrepiar

Tinha a emoção equilibrada
Pela vida marcada
Fiz sem pensar
Somente a desejar

Nada estava a querer
Mas levas-te todo o teu ser
Não sei como consegui
Entregar-me assim

Entreguei-me com prazer
Até as emoções remexer
Acreditei na intenção
Transmitida com paixão

Hoje sei que não me passou
E a mais ninguém, me dou
Desde aquele último serão
Que marcou o meu coração


Para além da excitação
Da boleia para o avião
De não quereres partir
Sei que tinhas que ir

Mas as saudades não são em vão
Nada que vivemos será ilusão
Um dia vais voltar
E eu estou aqui para te amar

Sem comentários:

Enviar um comentário