(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)

terça-feira, 19 de julho de 2011

Silêncio Ensurdecedor...



Neste teu silêncio ensurdecedor 
Ficas tudo menos encantador 
Mostras tudo menos o teu esplendor 
Não te sinto como o meu amor
Há situações de confusão
Que pedem momentos de reflexão
Mas também há os de paixão
Que requerem a nossa acção
Há momentos imprescindíveis
Que funcionam como fusíveis
Que nos fazem ser incríveis
Ou simplesmente terríveis
No amor há o dar e o receber
Todos temos o nosso querer
Esquecemos que o sofrer
É fruto da falta de prazer
Se tivermos a coragem
Para mudar a nossa roupagem
Fizermos do amor nossa dosagem
Mudamos toda a nossa paisagem
Não há nada mais maravilhoso
Que um ser caloroso
Que deixou de ser orgulhoso
Em prol de um amor fabuloso

Sem comentários:

Enviar um comentário