(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)

segunda-feira, 18 de julho de 2011

Quando somos como um animal selvagem...




Quando somos como um animal selvagem
Que se deslumbra com a paisagem
Sabendo ser só uma miragem
Fascina-se por estar de passagem
Não consegue passar pela vida

Sem a viver de forma sentida 
Nunca a vê esmorecida 
Mas sempre de uma forma vivida
Há os que vivem na solidão 
Os que se escondem na escuridão 
Os animais selvagens vivem com paixão
Sempre de coração
Pela vida vão cavalgando 
Sempre e apenas mostrando 
Que nem sempre estão domando 
Mas quase sempre estão no comando
É com toda a clareza 
Que mostram com toda a certeza 
O quanto neles existe de beleza
Mas acima de tudo a pureza

Sem comentários:

Enviar um comentário