(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)

sexta-feira, 1 de julho de 2011

Medo de Sofrer...



Medo de sofrer
De um desgosto padecer
De um amor perder
É o medo de todo o ser
Mas justifica sofrer antecipadamente

Viver-se tão renitente
Não se entregar completamente 
Estragando o que se sente?
Há pessoas que passam 
Mas nem todas se entrelaçam
Há as que nos abraçam
As que nos despedaçam
Como pode ser justo
Se a todo o custo 
Para evitar um outro susto 
Pensamos que é só mais um intruso
Pensamos apenas em nos proteger 
Não deixando acontecer outro amanhecer 
Temos medo de saber 
O que é de novo o anoitecer
Muitas vezes nem temos a noção 
Que estamos a deixar ir em vão 
Alguém que nos quer dar o coração 
E  apenas viver uma grande paixão

1 comentário: