(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)

domingo, 24 de julho de 2011

Silêncio...




Como tudo aqui é silêncio
É no Silêncio deste meu olhar que te guardo 
É no silêncio destas palavras que choro por ti
É no silêncio deste coração que tenho saudades tuas
É no silêncio que digo que te amo
Pois só no silêncio posso ser quem sou
Porque todo tu também és silêncio em mim

Sem comentários:

Enviar um comentário