(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)

sexta-feira, 6 de junho de 2014

Perdoa...

Foto: Perdoa o meu silêncio
Sei que não sou perfeito
Mas sempre fui verdadeiro
Este é meu maior defeito

Silêncio foi a maneira encontrada
Para te poder amar
De uma alma desesperada
Por não poder falar

Eu não queria sair 
Sem te dizer adeus
Mas tive que fugir
Não por ti, mas pelos meus

Acreditaste em tudo em mim
Eu só te desiludi
Deste-me tudo de ti
Não merecias este fim

Sei que me entendes
Que sabes que tem que ser assim
Que o amor que defendes
Também está dentro de mim

Sei que sabes que não fugi
Por não querer nada de ti
Mas tive que me ausentar
Porque preciso de aqui estar

Não sei o dia de amanhã
O mundo está sempre a girar
Apenas te posso dizer
Nunca vou deixar de te amar…

Susana Bastos 
4 de Junho de 2014
(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)

Perdoa o meu silêncio
Sei que não sou perfeito
Mas sempre fui verdadeiro
Este é meu maior defeito

Silêncio foi a maneira encontrada
Para te poder amar
De uma alma desesperada
Por não poder falar

Eu não queria sair
Sem te dizer adeus
Mas tive que fugir
Não por ti, mas pelos meus

Acreditaste em tudo em mim
Eu só te desiludi
Deste-me tudo de ti
Não merecias este fim

Sei que me entendes
Que sabes que tem que ser assim
Que o amor que defendes
Também está dentro de mim

Sei que sabes que não fugi
Por não querer nada de ti
Mas tive que me ausentar
Porque preciso de aqui estar

Não sei o dia de amanhã
O mundo está sempre a girar
Apenas te posso dizer
Nunca vou deixar de te amar…

Susana Bastos
4 de Junho de 2014
(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)

Sem comentários:

Enviar um comentário