(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)

quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

Ser só um ... HH




És sem dúvida um caso sério na minha vida
Amo-te da forma mais sentida
Nossa história começou de maneira original
Levou a um encontro fenomenal

De uma força inexplicável
De uma paixão inacreditável
Entre um abraço envergonhado
 um beijo roubado 
Quase te consegui ver desarmado
Mas na troca dos nossos olhares
Tiveste a capacidade de me desarmar
Com essa vontade de me amar
De me deixar a flutuar

Parecia-mos dois adolescentes
Demasiado carentes
Duas essências presentes
Dois egos decentes

Desarmaste-me sem dó nem piedade
Por isso, estou nesta saudade
Aguardando nosso reencontro com ansiedade
Para vivermos nosso amor de verdade

Éramos dois
Mas naqueles serões
Por tudo que nos é comum
Passámos a ser só um

(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)
Por: Susana Bastos 

Sem comentários:

Enviar um comentário