(Todos os direitos reservados ao abrigo do código de autor)

quinta-feira, 18 de agosto de 2011

Quando ele a ama...




Quando ele se apaixona por ela
Quando ele realmente a deseja

Quando ela é importante para ele 

Quando a saudade dele aperta
Quando ele lhe dá valor 
Quando ele tem orgulho nela
Quando ele a trata como se trata uma flor
Quando ele confia nela
Quando ele a ama

Ele é capaz de dizer de tudo, por ela 
Há alturas em que quando palavras como estas fazem sentido
Outras não fazem sentido nenhum
Não fazem porque não existem apenas

"Apetecia me fazer amor contigo e percorrer cada centímetro da tua pele com os meus dedos. 
Explorar o teu eu, com toda a minha essência e entrar dentro de ti como jamais algum homem entrou. 
Sou eu, aquele que te quer, que te deseja.
O meu norte está centrado no teu Sul.
Dá-me uma luz e todo o meu ser será guiado até à simples gota de amor que poderá brotar de ti..."

Se ela ama
Ela apenas tem que acreditar quando
 As atitudes dele acompanham as palavras
Porque palavras o vento leva
Mas quando acompanham
 Ela pode dizer
Sou amada
 Eu sou Feliz 

1 comentário:

  1. Muito Bonito Susana. Parabéns!

    Gostei muito de ler o seu blogue. Lindos Poemas...

    Gostei em particular deste.É muito expressivo e intenso!

    Gosto da sua forma de escrever

    ResponderEliminar